Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

O conhecimento das adaptações fisiológicas durante a gestação é importante para as considerações terapêuticas das emergências médicas que acometem as pacientes grávidas. No terceiro trimestre, normalmente:

A
o débito cardíaco aumenta, o volume sanguíneo diminui e o volume residual pulmonar e o volume corrente se elevam.
B
o débito cardíaco não se altera significativamente, o volume sanguíneo aumenta consideravelmente, o volume residual pulmonar diminui e o volume corrente se mantém normal.
C
o débito cardíaco e o volume sanguíneo se elevam, o volume residual pulmonar diminui e o volume corrente aumenta.
D
o débito cardíaco não se altera consideravelmente, o volume sanguíneo aumenta, o volume residual pulmonar diminui e o volume corrente se mantém normal.
E
o débito cardíaco aumenta, o volume sanguíneo se eleva um pouco, o volume residual pulmonar se mantém normal e o volume corrente se eleva.
Criança de 3 anos com coriza e febre baixa há 3 dias evoluiu com tosse rouca, estridor inspiratório e retrações supraesternal e subcostais. Não apresenta disfagia ou sialorreia. O diagnóstico mais provável é:
Assinale a cardiopatia congênita acianótica mais frequente.
Criança de 3 anos de idade, proveniente do norte do Paraná, sexo feminino, que frequenta creche, iniciou há 12 horas febre (Temperatura axilar = 39 °C) e petéquias no pé direito. Foi prontamente levada ao Centro de Saúde mais próximo de sua casa onde recebeu diagnóstico de febre sem foco e foi liberada com sintomáticos. Após 2 horas a mãe percebeu que a menor “falava coisas sem sentido”. Retornou ao mesmo Centro de Saúde. Ao exame apresentava Glasgow = 10, FR = 40 ipm, Saturação de oxigênio em ar ambiente = 88%, retração de fúrcula e sufusões hemorrágicas em membros. Não havia laboratório nesse local. O médico colocou a criança em máscara de oxigênio 6 L/minuto e assim sua saturação atingiu 94%. Fez contato com serviço terciário e encaminhou a menor. Após 2 horas, no hospital, mesmo com as medidas adequadas, a paciente evoluiu para óbito. Quanto à conduta do médico identifique a alternativa correta:
Homem de 29 anos, vítima de acidente automobilístico sofreu fratura fechada de diáfise de fêmur direito. Internado com tração esquelética há 2 dias, começou a apresentar desconforto respiratório, confusão mental, taquicardia, petéquias e febre. Gasometria revela PO2 de 55 mmHg, P.A . 110 x 70 mmHg. A hipótese diagnóstica provável é:
Compartilhar