Questões na prática

Ortopedia

O desvio mais comum nas fraturas supracondilianas de úmero em crianças é:

A
Póstero-medial.
B
Póstero-lateral.
C
Ântero-medial.
D
Ântero-lateral.
E
Anterior.
Uma mulher de 20 anos vítima de um acidente de carro, com capotamento e incêndio no compartimento do motor, estava usando cinto de segurança, por isso não sofreu fraturas ou trauma abdominal; apenas uma queimadura de terceiro grau, em faixa circunferencial, na perna esquerda. Após seis horas de observação, queixa-se de dormência e dor no pé esquerdo. Ao exame, o pulso pedioso esquerdo apresenta amplitude diminuída. Nesse caso, a conduta mais adequada é
Uma adolescente de 15 anos, vítima de bala perdida, dá entrada num hospital. O orifício de entrada da bala fica na linha média do epigástrio e não há orifício de saída. É realizada uma laparotomia, verificando-se que o projétil perfurou o terço médio do pâncreas. Considerando casos dessa natureza, é correto afirmar:
Em paciente com grande queimadura, a causa primária de choque é:
Recém-nascido a termo, pequeno para idade gestacional, baixo peso, nasceu de parto cesárea, com apgar 5 e 8, peso de 1600g, HTº 65%, PCR negativo. Evoluiu com desconforto respiratório leve, porém persistente, com crises de cianose, hipoglicemia persistente e icterícia precoce, além de irregularidade na absorção das dietas. A hipótese diagnóstica para esse recém-nascido é:
Compartilhar