Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

O diabete melito é uma patologia de elevada morbi-mortalidade associada. A prevenção da patologia e suas complicações pode ser efetuada na atenção básica. É considerada prevenção primária:

A
Identificação de casos não diagnosticados de diabete melito para tratamento
B
Intensificação do controle de pacientes já diagnosticados visando prevenir complicações agudas e crônicas.
C
Atuar nos fatores de risco para diabete melito como sedentarismo, obesidade e hábitos alimentares não saudáveis.
D
Intensificar as internações hospitalares.
E
Controle da glicemia nas Unidades de Saúde.
Homem de 65 anos, etilista e tabagista, procura atendimento médico queixando rouquidão. Após exame físico a propedêutica indicada é realizar:
Um homem de 35 anos de idade procurou atendimento em serviço de emergência por cólica nefrética. Ele relatou episódios recentes de disúria e presença de "areia" na urina. O exame de sedimento urinário revelou hematúria microscópica e cristalúria, sem cilindros. Radiografia simples de abdome normal. A ultrassonografia revelou cálculo de 4 mm localizado em porção distal do ureter esquerdo, sem evidências de dilatação do sistema pielocalicial. Após uso de analgésico, o paciente ficou assintomático. Qual é a conduta adequada nesse caso?
Um homem de 63 anos refere que, há cerca de 1 ano, vem apresentando dificuldade para iniciar a micção, fazendo muito esforço durante, com jato urinário fraco e sensação de esvaziamento incompleto da bexiga. Toque retal: próstata aumentada com peso de cerca de 60g, consistência fibroelástica e sem nódulos. A conduta inicial é:
Criança 5 anos, sem relato de doença prévia, apresentou sangramento retal volumoso. Foi internada para investigação. Solicitado hemograma que revelou queda importante do hemotócrito, porém endoscopia digestiva alta e colonoscopia normais. Qual provável diagnóstico:
Compartilhar