Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

O diagnóstico de hepatite pelo vírus D utiliza como teste confirmatório a pesquisa de anti-VHD e como teste de triagem a pesquisa de:

A
HBs Ag
B
anti-HBS
C
IgM anti-HBC
D
IgM anti-HVA
E
anti-HVC
As características da convulsão febril são:
Lactente, 3 meses de idade, pesando 5 kg, portadora de síndrome de Down (trissomia 21), é atendido no UBS. HMA: a mãe relata que a criança está com falta de ar. Ela conta que o bebê sempre teve falta de ar, principalmente quando mama, mas que piorou há 2 dias. Ela nega febre, tosse, coriza ou outros sintomas. EF: as vias aéreas estão pérvias, mas ela respira com dificuldade, com FR: 66 irpm. As mucosas estão rosadas. Há batimento de aleta nasal, retrações intercostais e subcostais e gemência. A ausculta respiratória revela murmúrio vesicular simétrico com estertores subcrepitantes em todos os campos pulmonares. O ritmo cardíaco é regular, sem sopros, com FC: 168 bpm, PA: 75 x 42 (59) mmHg, pulsos periféricos e centrais amplos, tempo de enchimento capilar de 2 segundos, SaO2 95% em ar ambiente. O fígado palpável a 5 cm do rebordo costal direito na linha hemiclavicular direita. O diagnóstico mais provável é:
Uma paciente com 3 anos de idade, com dextroposição da aorta, hipertrofia de ventrículo direito, estenose pulmonar infundibular e comunicação interventricular, deu entrada na emergência com crise hipóxica paroxística. O quadro é compatível com:
Em relação à litíase biliar, é correto afirmar:
Compartilhar