Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

O diagnóstico de pré-eclâmpsia deve ser suspeitado quando encontramos hipertensão arterial materna e proteinúria, associados ou não a edema generalizado. Caracteriza pré-eclâmpsia grave quando:

A
PA > 160 x 110mmHg e proteinúria > 5g/24h
B
PA entre 140 x 100mmHg a 160 x 110mmHg e proteinúria > 5 g/24h
C
PA > 180mmHg e proteinúria > 10 g/24h
D
PA > 160mmHg e proteinúria entre 2 e 5 g/24h
E
PA > 160mmHg e presença de convulsão
Mulher, 65 anos, assintomática, realiza ecografia de rotina na qual são identificados cálculos na vesícula biliar. Em relação a este caso, são apresentadas as assertivas abaixo: I. Se os cálculos forem maiores que 3 cm de diâmetro, há indicação de tratamento cirúrgico pelo risco aumentado de complicações. II. Se houver calcificação da parede da vesícula biliar, deve-se realizar colecistectomia pelo risco de surgimento de neoplasia. III. Com o advento das técnicas minimamente invasivas, sempre se indica a remoção cirúrgica da vesícula biliar na presença de cálculos. Qual é a alternativa correta?
O trauma é importante problema de saúde pública, sendo que o tipo de atendimento inicial pode reduzir a morbimortalidade associada. Considerando um paciente vítima de acidente automobilístico, que apresente vias aéreas permeáveis, porém com respiração inadequada, taquidispneia e escore de 7 na escala de coma de Glasgow, julgue os itens subsequentes. Caso haja a necessidade de estabelecimento de uma via aérea cirúrgica de urgência, a primeira escolha é a cricotireoidostomia, exceto quando o paciente tiver menos do que 8 anos de idade ou apresentar lesão grave da laringe, quando a escolha recai sobre a traqueostomia.
Um motociclista sofreu fratura exposta de fêmur. O membro está pálido e com cianose dos dedos. Não se palpa pulso distal. Assinale a conduta mais apropriada:
A respeito do tratamento da claudicação intermitente decorrente de obstrução arterial crônica do membro inferior, é CORRETO afirmar:
Compartilhar