Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

O diagnóstico diferencial do herpes-zóster se faz com:

A
Herpes simples vírus e Coxsakie vírus;
B
Varicela e herpes simples;
C
Herpes simples vírus e estafilococcia;
D
Meningococcemia e neisséria gonorreia;
E
Coxsackie vírus e varicela.
Uma mulher, com 45 anos de idade e diagnóstico de cirrose hepática, queixa-se de dor abdominal e tem indicação para colecistectomia. Apresenta alterações em coagulograma, e está indicada a transfusão de plasma fresco, para minimizar os riscos de sangramento cirúrgico, o melhor momento para essa transfusão é:
Paciente de 42 anos, sexo feminino, assintomática, sem comorbidades ou antecedentes familiares de neoplasias. Vem à consulta de rotina e informa que certa vez foi diagnosticado por outro médico um tumor benigno no fígado através de ultrassonografia e tomografia computadorizada, exames estes que ela perdeu. Ela está ansiosa porque uma amiga sua recentemente morreu por câncer hepático. Você solicita novos exames, mas pode afirmar que:
Das complicações da parotidite, a menos frequente é:
Toxicômano dá entrada na emergência com crise convulsiva. O médico que o atende suspeita de intoxicação aguda por cocaína, porque há concomitantemente:
Compartilhar