Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Endocrinologia

Nefrologia

Pediatria Geral

O diagnóstico mais provável em uma paciente com hipertensão arterial, hipocalemia, masculinização. Apresentando ao USG massa de sete centímetros em suprarrenal.

A
Doença de Cushing
B
Carcinoma adrenocortical funcionante
C
Hipernefroma
D
Feocrocitoma
E
Síndrome carcinoide
Ana Lúcia comparece ao Ambulatório de Alto Risco da Universidade Federal de Juiz de Fora com 28 semanas de gestação. Não apresenta queixas, relata boa movimentação fetal e nega perda de sangue e de líquido amniótico pela genitália. A rotina (propedêutica) de primeiro trimestre foi realizada com 10 semanas e não mostrou anormalidades. Na consulta atual, a gestante trouxe os seguintes resultados da propedêutica solicitada no segundo trimestre: hemoglobina = 12,2 g/dl; hematócrito = 37,2%; leucometria = 8900/mm3; glicemia de jejum = 110 mg/dl; TS-50 g (50 g de dextrosol; 1 hora de duração) = 157 mg/dl; VDRL = não reator; EAS e urocultura = normais. Considerando os resultados destes exames, pode-se afirmar que:
A Terapia Hormonal (TH) é, nos últimos anos, debatida em relação aos seus benefícios, mas também quanto aos riscos e contraindicações. Assinale a alternativa em que os 3 itens, independentemente de prós e contras, estão relacionados à TH.
O colo uterino possivelmente seja o órgão onde se pode conseguir o maior índice de prevenção da doença maligna. Para que isso ocorra, assinale a alternativa que NÃO encerra uma atitude pertinente com esse objetivo.
Criança de 5 anos de idade é atendida com quadro agudo de vômitos, cefaleia e febre. Ao exame, está sonolento e com rigidez de nuca. O exame do líquor: 600 células, sendo 90% de neutrófilos, proteínas de 80, glicose de 25mg%, bacterioscopia negativa. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar