Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Endocrinologia

Nefrologia

Pediatria Geral

O diagnóstico mais provável em uma paciente com hipertensão arterial, hipocalemia, masculinização. Apresentando ao USG massa de sete centímetros em suprarrenal.

A
Doença de Cushing
B
Carcinoma adrenocortical funcionante
C
Hipernefroma
D
Feocrocitoma
E
Síndrome carcinoide
Adolescente, sexo feminino, com 15 anos de idade, refere perda de 15 kg nos últimos seis meses e amenorreia. Apresenta vômitos, diarreia, dor abdominal e mal estar neste período. O exame físico revela caquexia e frequência cardíaca de 40 batimentos por minuto. Apresenta potássio sérico de 3mEq/L ( 3,5 - 5,1 mEq/L), hematócrito de 30% ( 36% - 43% ) e velocidade de hemossedimentação de 3mm/hora ( até 10mm/hora). O diagnóstico mais provável para essa paciente é:
No tocante ao câncer de pênis, é FALSO afirmar que:
A.S.D., 55 anos, sexo feminino, queixa-se de desconforto em membros inferiores, com sensação de peso, queimação e prurido cutâneo. Os sintomas são exacerbados no período vespertino e/ou após longo período em posição ortostática. Refere hipertensão arterial sistêmica e dislipidemia. Apresenta índice de massa corporal de 34 kg/m². Ao exame dos membros inferiores, notam-se diversas veias reticulares e telangectasias em região poplítea e coxa, bilateralmente. A respeito desse caso, é correto afirmar:
Homem de 72 anos apresenta sintomas prostáticos com escore de elevados baseado no questionário International Prostatic Symptoms Scores. Há 3 anos vem sendo tratado com alfabloqueador e inibidor da fosfodiesterase com boa resposta ao tratamento clínico. No entanto, há 6 meses vem progredindo os sintomas e há 1 mês piorou muito. Toque retal: próstata grande de consistência fibroelástica. Exames PSA: 2,1 ng/ml (normal até 2,5 ng/ml); sumário de urina: leucocitúria; urocultura: negativa; ureia: 45 mg/dL e creatinina: 1,9 mg/dL. Ultrassonografia: bexiga espessa com próstata de 80 cm³, hidronefrose e resíduo pós-miccional de 150 ml. A cirurgia de ressecção endoscópica da próstata foi indicada utilizando bisturi polar e irrigação de água destilada. Na recuperação pós-anestésica, o paciente apresenta quadro confusional agudo, náusea, vômitos, hipertensão, bradicardia e visão turva. Que medida deve ser tomada para reverter o quadro?
Compartilhar