Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Cardiologia

O espasmo esofageano difuso e os distúrbios motores esofágicos são clinicamente indistinguíveis. Ambos manifestam-se por dor torácica e disfagia e o diagnóstico diferencial com outras entidades deverá priorizar:

A
Cardiopatia isquêmica.
B
Tumor no mediastino.
C
Pneumotórax.
D
Derrame pericárdico.
Criança de 1 mês e 15 dias de vida, em aleitamento exclusivo ao seio, é levada ao posto de saúde com queixa de resfriado. O exame físico apresenta os seguintes dados alterados: temperatura axilar de 38,5°C, tosse, frequência respiratória de 80 incursões por minuto e retração subcostal persistente e acentuada. Com base no Manual de Assistência e Controle das Infecções Respiratórias agudas do MS, a conduta é:
Uma menina de 6 anos de idade está com mal estar, febre alta há 3 dias e conjuntivite. Ao exame o médico observa faringite e linfadenomegalia pré-auricular. Orienta os pais que se trata de febre faringoconjuntival. O principal agente é:
Um trabalhador de cozinha é ferido em explosão de caldeira. Tem 18% do total de sua superfície corpórea com queimadura de segundo e terceiro graus. Sabendo-se que a vítima pesa 89 kg, usando o método de Parkland (Baxter) para cálculo da reposição hídrica, é correto dizer que a velocidade de administração intravenosa de cristaloides, em ml/hora, após duas, dez e dezoito horas, deve ser aproximadamente de:
Um veículo de passeio, em alta velocidade, colidiu frontalmente com poste de energia elétrica, ficando muito deformado. O único ocupante é o condutor, sem cinto de segurança, que fica preso nas ferragens pelos membros inferiores. Com o impacto, o banco quebrou e a vítima encontra-se praticamente deitada. O veículo possui quatro portas e as duas do lado direito estão abertas. Os bombeiros informam que a cena é segura e que a liberação da vítima provavelmente será demorada. A vítima é um homem, aparentando 35 anos de idade, com grave trauma de crânio e face. Está inconsciente. Sai grande quantidade de sangue pela boca e pelas narinas. Tem também otorragia bilateral. A respiração é muito ruidosa. A retirada da vítima demora. Das alternativas a seguir, indique a melhor opção de via aérea definitiva para esta vítima:
Compartilhar