Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Dermatologia

O meio mais eficaz para o diagnóstico da tuberculose peritonial é:

A
a biópsia do peritônio por laparoscopia.
B
a cultura de fezes para o bacilo álcool ácido resistente.
C
o teste cutâneo de PPD.
D
a tomografia computadorizada do abdômen.
E
a paracentese abdominal para pesquisa de bacilo álcool ácido resistente.
Paciente, 40 anos de idade, com quadro de trombose venosa profunda do membro inferior direito, sob tratamento adequado com heparina. Apresenta quadro de embolia pulmonar, hemodinamicamente estável. Ao mapeamento Doppler constata-se trombo não aderido na veia ilíaca direita. Qual a melhor conduta?
Um recém-nascido a termo, com peso de nascimento de 2900 g, está em aleitamento materno exclusivo, no alojamento conjunto, aguardando a alta materna. No 3º dia de vida, seu peso é de 2600 g e apresenta icterícia até Zona IV de Kramer. O grupo sanguíneo do recém-nascido é O Rh negativo e a bilirrubina total é 17,0 mg/dl. A conduta mais adequada é:
Paciente do sexo feminino, 53 anos, portadora de depressão maior, diabetes mellitus tipo 2 e hipertensão arterial sistêmica, em tratamento irregular, foi admitida na unidade de emergência com queixas de odinofagia, dor e tumefação em região cervical direita, além de febre de 39ºC e calafrios. Seu exame físico revelava exsudatos purulentos em amígdala direita e turgência jugular fixa e palpável homolateral, com ausculta respiratória e cardíaca normais. Exames laboratoriais evidenciaram leucocitose com neutrofilia e elevação dos níveis de proteína C reativa, e a radiografia de tórax revelou a presença de infiltrados pulmonares cavitados bilateralmente. Um ecocardiograma transtorácico não evidenciou vegetações ou disfunção ventricular. A bactéria que mais provavelmente cresceu nas hemoculturas desta paciente, frente ao seu principal diagnóstico, foi:
Paciente de 9 anos vai ao pediatra por apresentar há 4 dias vesículas sobre base eritematosa agrupadas em hemitórax esquerdo, formando arranjo linear (distribuição em dermátomo). Refere dor e prurido discretos. Antecedentes mórbidos pessoais: Varicela com 1 ano, 1 internação por pneumonia com 2 anos e asma. Diante do exposto, o diagnóstico mais provável é:
Compartilhar