Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

O que é doença de HARTNUP?

A
Alteração no metabolismo dos aminoácidos de cadeia ramificada, com aumento de níveis plasmáticos de leucina valina.
B
Deficiência da enzima fenilalanina-hidroxilase, fração I.
C
Alteração do transporte do triptofano e outros aminoácidos no intestino delgado e túbulos renais.
D
Deficiência de galactose1-fosfato-uridiltransferase.
E
Deficiência de frutose1-fosfato-aldolase.
Seu José, 74 anos, tabagista, 60 Kg, com hipertensão arterial há 4 anos e claudicação intermitente há 11 meses. Usava sinvastatina para hipercolesterolemia, atenolol e hidroclorotiazida, porém a pressão arterial mantinha-se em 190/115 mmHg, com creatinina sérica de 1,5 mg/dL. Foi introduzido captopril 75 mg/dia, sem ser conseguido o controle da pressão arterial. Portanto, foi aumentada a dose de captopril para 150 mg/dia. Após 10 dias, retorna para reavaliação com PA = 138/80 mmHg, FC = 96 bpm, com a presença de frêmito epigástrico, sem dor abdominal. Não apresentava edema em membros inferiores, nem alteração da cor dos pés. Pulsos poplíteos normais e pediosos diminuídos. Exames: ureia = 90,0 mg/dL; creatinina sérica = 3,6 mg/dL; K = 5,6 mEq/L; EAS = densidade 1018, traços de proteínas, sem sangue, exame do sedimento normal. A primeira conduta mais adequada para esse paciente é:
Você atende no ambulatório mulher de 32 anos com queixa de queimação epigástrica e plenitude pós-prandial. Não há história de uso recente de quaisquer medicações e o exame físico é normal. Para avaliar doença ulcerosa péptica nessa paciente, qual dos testes abaixo deve ser solicitado?
Do ponto de vista cirúrgico, o fígado é dividido em:
Em relação à superinfecção, marque o item correto.
Compartilhar