Questões na prática

Clínica Médica

Reumatologia

O residente da reumatologia foi chamado para avaliar um paciente masculino de 69 anos em pós-operatório de 24 horas de uma gastrectomia total por neoplasia gástrica. De comorbidades, o paciente apresentava quadro de gota no passado e estava em uso de colchicina 0,5 mg ao dia, antes da cirurgia. Era também hipertenso em uso de hidroclorotiazida 25 mg ao dia. Havia apresentado um aumento súbito e muito doloroso do joelho direito, 12 horas depois do término da cirurgia. Ao exame físico, havia evidência de artrite de joelho direito, com derrame articular, aumento da temperatura e leve hiperemia. O manejo mais adequado desse paciente inclui:

A
reintrodução da colchicina 0,5 mg de hora em hora, punção articular e análise do líquido sinovial.
B
uso de cetoprofeno (um AINH) endovenoso e drenagem do líquido sinovial.
C
uso de colchicina EV, alopurinol via SNG, se já houver trânsito intestinal, e AINH para alívio da dor no joelho.
D
punção articular, análise do líquido sinovial e infiltração com corticoesteroides.
E
punção articular, infiltração com antibióticos e AINH para o alívio da dor.
O esfíncter esofágico inferior (EEI) é mais precisamente referido como o mecanismo EEI ou a zona de alta pressão esofágica distal (ZAP). São fatores que diminuem o tônus da ZAP:
O reparo de feridas é o esforço dos tecidos para restaurar a função e a estrutura normais após o trauma. A esse respeito, a sequência correta nas fases da cicatrização é:
Em relação à superinfecção, marque o item correto.
De acordo com a classificação do sistema de BI-RADS na mamografia, em qual categoria recomenda-se apenas controle anual?
Compartilhar