Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

O Triângulo de Hesselbach tem como limites superolateral, medial e inferior, respectivamente as seguintes estruturas anatômicas:

A
Vasos Epigástricos Inferiores, bainha do músculo Reto Abdominal, Ligamento Inguinal.
B
Ligamento Inguinal, Ligamento de Cooper, nervo Iliohipogástrico.
C
Faixa de Thompson, vasos Epigástricos Inferiores, nervo Ilioinguinal.
D
Borda inferior do músculo Oblíquo Externo, bainha do músculo Reto Abdominal, ligamento Inguinal.
E
Borda inferior do músculo Oblíquo Interno, bainha do músculo Reto Abdominal, Ligamento de Cooper.
Em relação ao cisto tireoglosso, podemos afirmar:
Um paciente do sexo masculino de 68 anos procurou o ambulatório de cirurgia vascular com queixa de claudicação intermitente em membro inferior direito ao deambular aproximadamente 250 metros. Como antecedentes o paciente apresentava hipertensão arterial sistêmica controlada com duas classes de anti-hipertensivos, tabagismo de 1 maço/dia por 40 anos e negava diabetes mellitus. Ao exame físico vascular: membro inferior esquerdo: pulso femoral 2+/4; pulso poplíteo; tibial posterior e pedioso não palpáveis; membro inferior direito: pulsos femoral; poplíteo; tibial posterior e pedioso não palpáveis; boa perfusão de ambos os membros e sem gradiente térmico. Segundo a classificação de Fontaine da doença aterosclerótica obstrutiva periférica, qual o estágio da doença e qual é o tratamento.
Mulher de 68 anos, 70 kg, será submetida a artroplastia total de quadril. Não tem doenças conhecidas. Hemograma, glicemia e creatinina séricas normais. Escolhida enoxaparina para profilaxia de tromboembolismo venoso. A dose e duração desse esquema são, respectivamente:
São admitidos dois pacientes no pronto socorro com hipótese de intoxicação exógena, com as seguintes características clínicas: PACIENTE I: transpiração intensa; PA = 170 X 100 mmHg; pulso = 120 bpm; agitação; ressecamento de mucosas; T = 38 °C e episódio convulsivo. PACIENTE II: alteração do estado mental; respiração superficial; pupilas mióticas; pulso = 50 bpm e PA = 100 x 50 mmHg. Das abaixos, as drogas mais prováveis, como etiologia, são, respectivamente:
Compartilhar