Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Pneumologia

Neurologia

O tuberculostático que pode ocasionar como efeito adverso neuropatia periférica é:

A
Etambutol.
B
Rifampicina.
C
Estreptomicina.
D
Pirazinamida.
Mulher, 30 anos de idade, vem apresentando amenorreia há 4 meses, após ter sido submetida à curetagem uterina devido a um abortamento incompleto, de 9 semanas. Não tem outras queixas clínicas. Menarca aos 12 anos, com ciclos de 28 d/3 a 4 dias/++. Mamas sem secreções. Tireoide normal à palpação. Beta-HCG: negativo. O diagnóstico provável do quadro descrito é:
Paciente de 25 anos procurou atendimento com médico com náuseas, vômitos, icterícia, dor abdominal em hipocôndrio D e febre de instalação há cinco dias. Durante esse período fez uso de paracetamol e vários anti-inflamatórios para alívio da febre. Os exames laboratoriais mostram: HBsAg negativo, Anti-HbC IgM negativo, Anti-HbC IgG positivo, Anti-Hbs positivo, anti-HVA IgG positivo, TGP 500 U/L (limite superior da normalidade: 40 U/L), TGO 346 U/L (limite superior da normalidade: 36 U/L). O ultrassom abdominal é compatível com hepatomegalia. Qual o diagnóstico mais provável?
No Brasil o isolamento de pneumococo resistente à penicilina na comunidade tem sido observado em algumas cidades. Isto implica em mudanças no tratamento das infecções pneumocócicas. Dentro deste contexto assinale a alternativa CORRETA:
Um paciente de 55 anos de idade, tabagista, está no 1º dia de pós-operatório de uma nefrectomia eletiva realizada por via videolaparoscópica para tratamento de um tumor renal e apresenta febre de 38°C. A causa mais provável desta febre é:
Compartilhar