Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Pneumologia

Hematologia

Os casos de síndrome da veia cava superior não estão geralmente associados ao(s) seguinte(s) tumore(s):

A
Timoma.
B
Linfomas.
C
Câncer de tireoide.
D
Câncer de pulmão.
E
Tumores germinativos.
A Síndrome poliglandular auto-imune tipo 2 caracteriza-se por:
Qual das afirmações abaixo está ERRADA em relação à hanseníase?
Quais as evoluções possíveis do complexo primário pulmonar da Paracoccidiodomicose?
Uma paciente de 36 anos com história de cefaleia frontotemporal bilateral, opressiva, quase diária, há mais de 10 anos, procura atendimento no PS por cefaleia com características distintas das crises habituais. Relata, atualmente, cefaleia holocraniana intensa, pulsátil, associada à náusea e vômito, de início súbito, há 12 horas, durante estresse emocional. Nega febre, distúrbio de consciência e quaisquer outros sintomas neurológicos. Ao exame neurológico, encontrava-se lúcida e orientada; à fundoscopia as papilas encontravam-se nítidas e com bordos regulares, porém não se visualizou pulsação venosa retiniana espontânea. Considerando-se esses dados, qual a conduta imediata mais apropriada para o caso?
Compartilhar