Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Os critérios de Amsterdam são dados clínicos para o diagnóstico de câncer colorretal hereditário não polipoide (HNPCC). Deve-se identificar pelo menos três parentes com câncer de cólon e todos os seguintes dados, EXCETO:

A
Uma das pessoas afetada é um parente de primeiro grau das duas outras pessoas afetadas.
B
Adenomas de cólon diagnosticados antes dos 40 anos.
C
Duas gerações sucessivas afetadas.
D
Pelo menos um caso de câncer de cólon diagnosticado antes dos 50 anos.
E
Exclusão de polipose adenomatosa familiar.
Você, médico, está andando na praia e encontra uma criança de, aproximadamente, 5 anos, desacordada na beira do mar. Ela está cianótica, respiração agônica, secreção abundante em boca, sem pulsos. Olha ao redor e percebe que está sozinho. No caso descrito você encontrou um colega seu que estava por perto e que o ajudou até o SAMU chegar. O médico da equipe do SAMU não conseguiu entubar o paciente e usou uma máscara laríngea. O paciente continuou sem pulso e em parada cardíaca; mesmo após as ventilações e compressões torácicas conseguiram um acesso intraósseo (IO) para a administração de medicação. Responda, respectivamente: qual a relação compressão/ ventilação usada por você e seu colega; a relação compressão/ventilação utilizada com o paciente, usando a máscara laríngea, qual a droga de primeira escolha a ser utilizada e a dose pela via IO?
Considere um paciente apresentando dor torácica, febre e expectoração purulenta há uma semana. O exame radiológico do tórax mostra uma consolidação alveolar no lobo superior direito e derrame pleural à direita. Efetua-se uma punção pleural cujo líquido se mostra amarelo claro e com os seguintes resultados de laboratório: densidade = 1025, proteínas de 3,5 g%, LDH de 500 UI/l, glicose de 70 mg/dl, pH de 7,3 e predomínio de polimorfonucleares com bacterioscopia e cultura negativas. Qual a melhor conduta terapêutica em relação ao derrame pleural?
Criança nasceu com idade gestacional de 37 semanas, por cesárea eletiva, em boas condições (Apgar de 7 e 9 no 1º e 5º minutos de vida). Logo após o nascimento apresentou desconforto respiratório caracterizado por taquipneia, retrações intercostais e gemido audível sem estetoscópio, requerendo oxigênio suplementar já na sala de parto. Encaminhada a UTI neonatal, mantinha quadro respiratório sendo colocada em capacete de oxigênio. Realizada radiografia de tórax com 3 horas de vida, que mostrou hiper-insuflação, derrame intercisural e aumento da trama Peri-hilar. O diagnóstico mais provável:
Julgue o item que se segue, relativo ao caso clínico de uma paciente de 40 anos de idade portadora de litíase biliar sintomática. Se a paciente referir dor no hipocôndrio direito há mais de 24 horas, febre, e o exame físico evidenciar sinal de Murphy, a colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE) estará indicada.
Compartilhar