Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Os divertículos esofageanos são extrusões saculares da parede do esôfago. Os sintomas de disfagia, regurgitação de alimentos não digeridos e halitose sugerem o diagnóstico de:

A
Divertículo do terço médio do esôfago.
B
Divertículo de Zenker.
C
Divertículo epifrênico.
D
Diverticulose intramural difusa.
Uma menina de 1 ano de idade chega ao pronto-socorro, com história de febre, atingindo temperatura máxima de 38,2ºC, há 2 dias. Ao exame físico, apresenta-se em bom estado geral, descorada +, eupneica, acianótica, com boa perfusão periférica. FC de 120/min e FR de 34/min. Não apresenta sinais meníngeos, os pulmões estão livres. Na orofaringe, é observado hipertrofia de amígdalas, com presença de exsudado branco e gânglios cervicais posteriores moderadamente aumentados. A conduta mais adequada é:
Abscesso de Brodie:
No controle de pacientes diabéticos busca-se atingir níveis de hemoglobina glicada entre 6,0 e 7,0%. No entanto é importante conhecer as situações que geram erros de interpretação deste exame, tais como:
Uma senhora de 60 anos vem à consulta por dor no joelho direito. Refere que a dor a acompanha há mais de 5 anos, progredindo lentamente,sendo pior nos esforços e melhorando no repouso, com piora progressiva na capacidade de descer e subir os degraus da escada de seu sobrado. Nega rigidez matinal ou queixas sistêmicas. Ao exame físico, o joelho direito aparenta ser aumentado de volume, com líquido no recesso suprapatelar, com discreto aumento da temperatura local. A paciente não consegue fazer a extensão completa da articulação, e há crepitação no movimento de flexão, que é doloroso. Com relação a essa paciente, é correto afirmar:
Compartilhar