Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Os mais importantes fatores prognósticos na Hemorragia Subaracnóide secundária à ruptura de aneurisma são:

A
O nível de consciência e status neurológico na admissão, a idade e a quantidade de sangue na TC inicial.
B
A hipertensão arterial sistêmica, o tabagismo e o etilismo.
C
A idade, a gradação na escala de Hunt-Hess e o vasoespasmo cerebral.
D
O sítio anatômico do sangramento, o nível de consciência e status neurológico na admissão, e o uso de drogas vasoconstritoras.
E
O abuso de drogas (anfetaminas, cocaína e estimulantes), a história familiar positiva para sangramento cerebral, e a convulsão no íctus.
Considerando o consumo de álcool, é correto afirmar:
Escolar de nove anos é levado ao atendimento médico por apresentar há três semanas, dor em garganta, febre alta e prostração, tendo sido tratado apenas com antitérmicos. Há uma semana, existe um quadro de artrite de caráter migratório, acometendo tornozelos, joelhos, punhos e cotovelos. Exames laboratoriais indicam: leucocitose, VSH:50mm, ASO 1250 U todd. Nesse caso, o provável diagnóstico é:
Uma mulher de 25 anos de idade procura o ambulatório do H.U. com história clínica de equimoses. A contagem plaquetária encontra-se abaixo de 15.000, com hemoglobina, hematócrito e contagem de leucócitos normais. O esfregaço de sangue periférico é inespecífico, exceto pela escassez de plaquetas. O diagnóstico mais provável é:
Idosa é despertada do sono noturno por dor lombar a direita, irradiando para cicatriz umbilical, com melhora após analgésico EV. No dia seguinte recrudescimento da dor, agora acompanhada de náuseas, vômitos e febre não aferida, com calafrios. História de hipertensão arterial e de osteoporose, fazendo uso de carbonato de cálcio e tiazídico. USG revela moderada dilatação do sistema excretor à direita, sem identificação de cálculos. Ht: 41,8%, leucócitos 7.900/mm3; plaquetas 238.000/mm3; creatinina 1,4 mg%; U: 92 mg%. Assinale o item que indica as condutas mais adequadas para o caso.
Compartilhar