Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Os marcadores tumorais CA-125, alfa-feto proteína e gonadotrofina estão habitualmente associados às seguintes neoplasias ovarianas, pela ordem:

A
cistadenocarcinoma, teratoma imaturo, coriocarcinoma.
B
cistadenocarcinoma, tumor de seio endodérmico, coriocacinoma.
C
cistadenocarcinoma, coriocarcinoma, teratoma imaturo.
D
tumor de Krukenberg, cistadenoma, teratoma imaturo.
E
cistadenocarcinoma, tumor de Krukenberg, tumor de seio endodérmico.
A exposição ocupacional a ruídos também pode desencadear efeitos extra-auditivos. Constitui efeito extra-auditivo da exposição ao ruído:
Homem de 16 anos é trazido pela mãe ao Pronto-Socorro da Santa Casa de pequena cidade do interior de São Paulo. O rapaz referia dor testicular à esquerda há aproximadamente 4 horas, de forte intensidade. Ao exame físico, encontrava-se em bom estado geral, corado, fácies de dor, abdome flácido, e indolor. O exame da genitália masculina revelou leve vermelhidão em prepúcio; testículo direito tópico, de tamanho e consistência normais; testículo esquerdo aumentado de volume e eritematoso, de difícil palpação devido à dor e edema local. A elevação do testículo esquerdo resultava em discreta melhora da dor, e o reflexo cremastérico estava abolido deste lado. A Santa Casa não possui setor de medicina nuclear, mas possui médico ultrassonografista de plantão à distância que reside em cidade vizinha e que leva em torno de duas horas para chegar ao local. Caso seja indicada cirurgia, o tempo de preparo do paciente e da sala cirúrgica leva duas horas. Frente a esse quadro e hipóteses diagnósticas, a conduta recomendada é:
Homem de 75 anos com diagnóstico de fibrilação atrial procurou o Pronto Socorro com queixas de dor persistente, parestesia, paralisia de pododáctilos e diminuição de temperatura em membro inferior esquerdo, de início súbito, há 6 horas. Não estava recebendo anticoagulação plena. O exame físico evidenciou ausência de pulsos femoral, poplíteo e distais neste membro. Com relação ao caso em questão pode-se afirmar que:
Lactente de 11 meses portador de atresia de vias biliares interna para realização de transplante intervivos no dia seguinte. A mãe conta que a criança apresentou febre há 1 dia e no dia da internação, irritabilidade, além de discreto aumento do volume abdominal. Ao exame físico apresenta-se ativa, ictérica, com ascite volumosa, ausculta pulmonar limpa. A conduta recomendada neste momento é:
Compartilhar