Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Nefrologia

Os mecanismos principais da anemia da insuficiência renal crônica são deficiências de:

A
ferro e hemólise no sistema extracorpóreo.
B
eritropoietina e de vitamina B12.
C
ferro, perda sanguínea e intoxicação por alumínio.
D
eritropoietina e diminuição da sobrevida dos eritrócitos.
E
ferro e vitamina B12.
Menino com 6 anos de idade apresenta há 3 semanas crises de “desligamento” com duração de segundos. Essas crises ocorrem durante hiperventilação. O eletroencefalograma mostrou atividade generalizada do tipo 3 ciclos/segundo de ponta/onda. Assinale o tratamento medicamentoso indicado para o tratamento desse quadro clínico.
Em relação à coinfecção HIV/HBV, considere as seguintes afirmativas: 1. Indivíduos infectados pelo HIV que desenvolvem hepatite aguda pelo HBV têm risco 5 a 6 vezes maior de se tornarem portadores crônicos do HBV quando comparados a HIV negativos. 2. Apresenta replicação viral mais elevada do DNA do HBV e como consequência risco de desenvolver doença crônica hepática grave. 3. A taxa de resistência à lamivudina é estimada em 15% a 30% ao ano e tem sido associada ao uso prolongado dessa droga. 4. Os inibidores de protease e inibidores de transcriptase reversa não nucleosídeos não estão associados a uma maior hepatoxicidade nesses pacientes. Assinale a alternativa correta.
Um escolar de 7 anos apresenta há 20 dias área de 3 cm de diâmetro com descamação fina e presença de cabelos tonsurados na região parietal direita. É correto afirmar que o agente causal e a conduta terapêutica são:
Criança de 3 anos é trazida para atendimento por ser contato de adulto tuberculoso. Sua mãe está com tuberculose pulmonar bacilífera em tratamento com esquema I do Ministério da Saúde há um mês. A criança apresenta-se assintomática, com raio-X de tórax normal e prova tuberculínica (PPD) de 3 mm. A conduta mais adequada a ser tomada com essa criança é:
Compartilhar