Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Os nódulos pulmonares solitários:

A
são, na maioria, achados incidentalmente e podem ser malignos em mais de 30%.
B
possuem como padrão de benignidade a presença de calcificação.
C
têm o diagnóstico etiológico selado pela citologia do escarro, na maioria dos casos.
D
têm como contraindicação a punção por agulha fina, uma vez que esse procedimento é falho para o diagnóstico.
Com relação aos critérios de algumas patologias, julgue o item. As linfadenomegalias são bastante comuns em crianças, mas a adenomegalia auricular posterior, epitroclear ou supraclavicular devem ser encaradas como anormais.
Em relação à doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), julgue os itens que se seguem. I - É uma doença crônica e lentamente progressiva. II - Está fortemente associada ao tabagismo. III - É uma doença obstrutiva que, geralmente, apresenta reversibilidade significativa ao uso de broncodilatadores. IV - O ato de parar de fumar cessa completamente a progressão da doença. V - É uma causa de hipertensão arterial pulmonar. A quantidade de itens certos é igual a:
Um paciente, com 55 anos de idade, etilista crônico, procurou um pronto-atendimento com hematêmese e alteração do nível de consciência. Ao exame físico, observou-se indivíduo emagrecido, agitado, com pressão arterial de 80 x 50 mmHg, pálido, taquipneico, com moderada ascite. Após internação, os exames laboratoriais revelaram dosagem de albumina de 2,6 g/dL, bilirrubina de 3,5 mg/dL, INR (International Normalized Ratio) = 2,0 e sorologia positiva para vírus da hepatite C. As enzimas hepáticas encontravam-se elevadas e a razão entre AST/ALT duas vezes maior que o normal. A dosagem de GGT estava elevada. Qual a causa principal de descompensação clínica deste paciente?
Sobre as neoplasias malignas de tireoide, é INCORRETO afirmar:
Compartilhar