Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Os procedimentos transluminais percutâneos estão cada vez mais populares entre pacientes e médicos para tratamento da doença isquêmica do miocárdio. Entretanto, as cirurgias abertas de revascularização têm resultados superiores aos procedimentos percutâneos em lesões obstrutivas de:

A
circunflexa.
B
coronária direita.
C
tronco de coronária esquerda.
D
terço distal de descendente anterior.
O trauma crônico e repetitivo que leva a rupturas microscópicas quando o osso sofre uma carga superior ao seu ponto de colapso, é conhecida como:
Paciente masculino de 78 anos, portador de diabetes melito, hipertensão arterial e transtorno afetivo bipolar, deu entrada no pronto-socorro após episódio de síncope. Apresentava FC = 38 bpm e PA = 74 x 36 mmHg ao exame físico. Encontrava-se sonolento, confuso, febril, secretivo e com hiperglicemia. Foi internado na UTI e evoluiu com insuficiência renal aguda, necessitando de terapia dialítica. O paciente fazia uso previamente de insulina glargina 30 UI/dia e Lispro 04 UI nas refeições, losartan 50 mg 2x/dia, citalopram 20 mg/dia e carbonato de lítio 300 mg 3x/dia. Com base no caso acima, é CORRETO afirmar:
Uma mulher com 43 anos de idade foi encaminhada ao ambulatório de especialidades pelo médico de família que a acompanha na Unidade Básica de Saúde. Consta, na guia de referência, que a paciente vem apresentando episódios de nefrolitíase de repetição. Na primeira e na segunda crise, foi diagnosticada, por meio de ultrassonografia das vias urinárias, a presença de cálculos na pelve direita, que mediam, respectivamente, 1 mm e 2 mm, e que foram expelidos. O último episódio (terceiro) aconteceu há cerca de 15 dias, sem que houvesse resolução espontânea do quadro nem alívio dos sintomas. O médico especialista que atendeu a paciente solicitou urotomografia, cujo resultado demonstrou a presença de cálculo renal direito, medindo 4 mm. Os exames solicitados mostraram: sódio = 137 mEq/L (valor de referência = 132 a 146 mEq/L); potássio = 3,8 mEq/L (valor de referência = 3,5 a 5,5 mEq/L); cálcio total = 12,4 mg/dL (valor de referência = 8,3 a 10,6 mg/dL); ácido úrico = 3,4 mg/dL (valor de referência = 2,6 a 6,0 mg/dL); creatinina = 0,8 mg/dL (valor de referência = 0,53 a 1,0 mg/dL). Diante do quadro clínico descrito acima, a conduta adequada é
Paulinho, 15 meses, portador da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, apresentou, há uma semana, pneumonia por Pneumocystis e candidíase de esôfago. Na ocasião, sua contagem de LT-CD4 era de 200 células por mm3 (milímetros cúbicos). Se Paulinho fosse realizar as próximas vacinas em um curto período de tempo, provavelmente sua pediatra indicaria:
Compartilhar