Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Os tumores carcinoides de apêndice representam sua mais comum neoplasia. Estes são derivados das células argentafins do intestino médio. Com base nestas informações, assinale o item correto:

A
A idade média de apresentação dessa patologia é de 60 anos com uma maior incidência em homens.
B
É o terceiro sítio mais comum da doença no trato digestivo.
C
Sua apresentação mais comum é a presença de volumosa massa em topografia de FID.
D
Tumores maiores que 2 cm, mesmo sem comprometimento da base do apêndice devem ser tratados com hemicolectomia direita.
E
As metástases à distância são eventos comuns independente do tamanho da lesão inicial.
Qual o nome da hérnia interna que pode acometer pacientes em pós-operatório de bypass gástrico pré-cólico (bariátrica), cujos limites sejam o mesocólon transverso e o mesentério da alça alimentar?
Mulher de 30 anos veio à consulta com queixa de esforço e dor às evacuações nos últimos 8 meses, fezes ressequidas e sangramento escasso percebido no papel higiênico. Negou história familiar de câncer colorretal. O exame proctológico revelou uma fissura anal de apresentação atípica, podendo por isso ser secundária a outra doença. Qual dos achados abaixo necessitaria de investigação etiológica complementar?
Homem de 18 anos apresenta quadro de artrite em joelho esquerdo há 2 dias. A punção evidenciou um líquido turvo, com 100.000 células/mL sendo 87% de neutrófilos, sem a presença de cristais. Pode-se afirmar, que mais provavelmente, trata-se de quadro de:
Um neonato do sexo masculino, nascido com 37 semanas e pesando 3 kg, amamentado exclusivamente ao seio, iniciou icterícia aos oito dias de vida. Com 16 dias de vida, foi levado ao ambulatório em bom estado geral, pesando 3.220 g e com eliminações gastrointestinais normais. Excetuando-se a icterícia, seu exame físico era normal. Nesta ocasião possuía aumento de bilirrubina à custa de indireta, cuja dosagem sérica foi 12 mg/dl. Seu tipo sanguíneo era A Rh positivo e o de sua mãe O Rh positivo. Seu hemograma e sua contagem de reticulócitos foram normais e o teste de Coombs direto foi negativo. O teste do pezinho também era normal. O menino foi acompanhado ambulatorialmente e aos dois meses não estava mais ictérico. A melhor hipótese diagnóstica é icterícia:
Compartilhar