Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Cardiologia

Os tumores estromais do aparelho digestório (GIST) fazem parte de um grupo específico de tumores de origem não epitelial, que tem origem na camada muscular da parede do trato gastrointestinal. Dentre as alternativas abaixo, assinale a INCORRETA.

A
A origem desses tumores indiferenciados pode estar na célula intersticial de Cajal, conhecida como o marca-passo intestinal do plexo mioentérico, responsável pela geração do estímulo nervoso que controla a motilidade intestinal.
B
Quando localizado no estômago, o sítio de localização mais frequente é o terço médio, seguido do proximal, e menos frequente no distal.
C
A ecoendoscopia ou ultrassonografia endoscópica permite determinar a camada de origem da lesão: lesões originárias na camada muscular da mucosa (plexo mioentérico) do órgão acometido são altamente sugestivas de tumor estromal.
D
O diagnóstico definitivo do tumor estromal só pode ser definido por estudo histológico e imuno-histoquímico, por meio de biópsias das lesões ou do estudo das peças resultantes de ressecção cirúrgica.
E
O CD117 ou c-Kit é considerado o marcador mais importante para o estudo dos tumores estromais gastrointestinais.
A teoria que melhor explica a fisiopatologia da Taquipnéia Transitória do RN é:
Paciente do sexo feminino 45 anos com descoberta de lesão polipóide de vesícula, séssil, com 9 mm de diâmetro, com múltiplos cálculos vesiculares, a melhor conduta é :
Um paciente portador de hérnia inguinal do tipo Nyhus III A é submetido a tratamento cirúrgico pelo método de Lichtenstein. Podemos afirmar que a principal característica deste procedimento é a utilização de:
Um homem de 30 anos, anteriormente saudável, se queixa de dificuldade de engolir líquidos e regurgitação ocasional. Pesquisas manométricas mostram um aumento na pressão no corpo esofágico. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar