Questões na prática

Preventiva

Os valores do coeficiente de mortalidade infantil indicam que, nas últimas décadas, a tendência é de declínio no Brasil. No Estado de São Paulo essas mortes decorrem principalmente de:

Em relação ao empiema pleural em crianças, considere as afirmativas abaixo: 1. A grande maioria dos empiemas pleurais em crianças é de natureza parapneumônica. 2. A ecografia de cavidade pleural é o exame mais indicado apenas na fase fibrinopurulenta. 3. A ecografia de cavidade pleural é o exame mais indicado, independentemente da fase do empiema. 4. O tratamento de eleição na fase exsudativa é a videotoracoscopia. 5. Videotoracoscopia e uso de fibrinolítico intrapleural são tratamentos para a fase fibrinopurulenta. Assinale a alternativa correta.
Mulher, 65 anos, assintomática, realiza ecografia de rotina na qual são identificados cálculos na vesícula biliar. Em relação a este caso, são apresentadas as assertivas abaixo: I. Se os cálculos forem maiores que 3 cm de diâmetro, há indicação de tratamento cirúrgico pelo risco aumentado de complicações. II. Se houver calcificação da parede da vesícula biliar, deve-se realizar colecistectomia pelo risco de surgimento de neoplasia. III. Com o advento das técnicas minimamente invasivas, sempre se indica a remoção cirúrgica da vesícula biliar na presença de cálculos. Qual é a alternativa correta?
Paciente politraumatizado deu entrada no pronto socorro com lesão neurológica grave, hipotenso e em coma, necessitou ser intubado durante o atendimento inicial pela gravidade do seu quadro clínico. Na sala de trauma o ortopedista observou grande edema da perna direita com sinais de esmagamento e extensa lesão de partes moles com uma fratura fechada cominutiva do 1/3 proximal da tíbia (Tscherne III). Com relação ao diagnóstico de síndrome compartimental a conduta correta é:
Na fase ativa do trabalho de parto, quando é observada no toque vaginal a sutura sagital da cabeça fetal próxima ao sacro materno, faz-se o diagnóstico de:
Compartilhar