Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Paciente, 10 anos de idade, sexo masculino, vem apresentando há 2 semanas, após extração dentária, queda progressiva do estado geral, febre persistente, palidez, sudorese. Nos antecedentes, é portador de insuficiência da válvula mitral de grau leve, faz uso de penicilina benzatina de 21 em 21 dias, há 2 anos. O exame físico: dispneia com SS em foco da ponta, presença de 3ª bulha. Hemograma com leucocitose e desvio à esquerda. Ecocardiograma mostra massa cardíaca oscilante em valva mitral. O diagnóstico mais provável é:

A
cardite reumática.
B
septicemia.
C
endocardite infecciosa.
D
pneumonia estafilocócica.
E
fibroelastose.
A abordagem inicial mais comum do paciente grande queimado deve constar dos seguintes itens, exceto:
No doente com trauma abdominal contuso, a lavagem peritoneal diagnóstica:
Lactente de 2 anos de idade, vítima de acidente automobilístico, é arremessada de carro, pois não estava em uso de cadeirinha de proteção. É trazida pelos bombeiros à sala de emergência em uso de colar cervical, onde se encontra torporosa com resposta inespecífica à dor, sem abertura ocular. Pálida, sudorética, pulsos finos, FC: 160 bpm, FR: 35 irpm; entrada de ar diminuída difusamente; abdome distendido, com tatuagem traumática. Em relação à conduta imediata neste caso é CORRETO afirmar:
Paciente do sexo feminino, 51 anos, melanodérmica, apresenta colecistolitíase sintomática. Foi indicada colecistectomia laparoscópica. Exames clínicos pré-operatórios não revelaram quaisquer alterações. Dentre as opções abaixo, assinale aquela que corresponde ao melhor conjunto de exames pré-operatórios de rotina para essa doente:
Compartilhar