Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Paciente, 18 anos de idade, apresenta em avaliação médica de rotina TA: 160 x 110mmHg. Tem história familiar de hipertensão arterial. Ritmo urinário sem alterações, com urina de aspecto normal. Ao exame, apresenta-se sem outras alterações à exceção de esmagamento nos cruzamentos artério-venosos na retina e imagem em “chama de vela” na oftalmoscopia. Não há diferença pressórica entre os membros. Quanto ao tratamento desse paciente, a meta deve ser:

A
internação imediata e redução da TA em 25% nas primeiras 6 horas
B
retorno com uma semana para reavaliação da TA
C
indicação de mudanças alimentares e de estilo de visa, com reavaliação em 3 meses
D
internação para observação e estudo, redução da TA em 24 horas
E
redução da TA com medicação oral, com reavaliação em 1 semana
Entre os fatores de risco abaixo, qual não está associado com o desenvolvimento e expansão de um aneurisma de aorta, mas sim com o maior risco de ruptura?
O diagnóstico de acalasia é dado por:
Homem com 72 anos, dor abdominal em cólica há 24 horas. Parada de eliminação de gases e fezes, negando enjôo ou vômitos. Ao exame clínico distensão abdominal, timpanismo, com ausência de descompressão dolorosa e ruídos peristálticos aumentados.Toque retal descrito como sem anormalidades. Recebendo este paciente no pronto-socorro, qual procedimento solicitaria para confirmar o diagnóstico?
A queixa de Incontinência Urinária entre as mulheres compõe uma das 5 mais frequentes nos consultórios de Ginecologia. Marque a alternativa INCORRETA no que se refere à fisiologia da micção ou à fisiopatologia da incontinência urinária.
Compartilhar