Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente, 35 anos de idade, negra, nuligesta, obesa, diabética e tabagista, vem ao consultório médico para avaliação de rotina. Nega fluxo patológico genital. Refere fluxo menstrual de 28 a 30 dias/3 a 5d/++. Ao exame físico, TA: 120 X 70 mmHg, PR: rítmico e cheio, com 65 bpm. Abdome plano flácido e não doloroso à palpação. Trouxe preventivo normal. USG: útero aumentado de volume à custa de 2 nódulos miomatosos, um subseroso e outro intramural, medindo o maior 2,0 cm x 1,8 cm. Volume uterino de 126 cm³. Ovários de volume e ecotextura habituais. Deseja engravidar futuramente. Na embolização uterina para tratamento de miomas, o exame que melhor avalia a sua celularidade e vascularização é:

A
tomografia computadorizada
B
ultrassonografia transvaginal
C
ressonância magnética
D
ultrassonografia transvaginal com Doppler colorido
E
histerossalpingografia
Assinale a alternativa correta em relação à icterícia fisiológica do recém-nascido:
Retossigmoidoscopia rígida no estadiamento do tumor do reto tem como objetivo:
Homem, 60 anos, há 6 meses queixa-se de dor lombar baixa, de ritmo mecânico em faixa, com irradiação para região inguinal, glútea e face anterior da coxa direita. Refere piora vespertina, necessitando uso diário de analgésicos e anti-inflamatórios não hormonais. Trabalha em uma distribuidora, caminha vários quilômetros ao dia sem carregar peso. Exame físico: dor à palpação da região lombar baixa com retração dos músculos isquiotibiais, bloqueio de rotação interna do quadril direito, abdução de 10 graus, sinal de Thomas (+) à direita, ausência de déficit neurológico, Laségue negativo. Radiograma da coluna: sem alterações. O DIAGNÓSTICO E A CONDUTA SÃO:
No atendimento à mulher com gravidez decorrente de estupro, qual a alternativa correta?
Compartilhar