Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Paciente, 37 anos de idade, primigesta com 32 semanas de gestação é acompanhada no ambulatório de pré-natal de alto risco por hipertensão gestacional estando em uso de alfametildopa 750 mg/dia. Na consulta médica, apresenta-se sem queixas. Após 30 minutos de decúbito lateral esquerdo, apresenta PA = 140 X 90 mmHg, porém com curva de pressão arterial média sistólica de 160 mmHg e diastólica de 105 mmHg. Atividade uterina ausente e BCF = 144 bpm. A cardiotocografia mostrou feto ativo e reativo. Qual é a conduta mais adequada?

A
Aumentar a dose de alfametildopa e iniciar corticoide.
B
Solicitar exames de comprometimento sistêmico e iniciar hidralazina EV.
C
Retorno em três semanas com cardiotocografia e curva pressórica.
D
Internação para avaliação da vitalidade fetal e resolução da gravidez.
A respeito do paciente queimado, é INCORRETO afirmar:
A medida mais importante na profilaxia da embolia gordurosa associada ao trauma é:
Em relação aos efeitos sistêmicos do pneumoperitônio utilizado na laparoscopia, pode-se afirmar:
A icterícia fisiológica ocorre em aproximadamente 2/3 dos recém-nascidos. É correto afirmar que:
Compartilhar