Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Paciente, 42 anos de idade, sexo masculino, bancário, etilista crônico, ex-presidiário, casado e pai de 2 crianças de 7 e 9 anos de idade, comparece à consulta de rotina, para controle de diabetes mellitus. Durante a consulta, relata que vem apresentando tosse produtiva, associada a episódios de febre e redução ponderal de 5 kg, há 3 semanas, e que procurou o pronto atendimento da unidade há 1 semana, sendo lhe prescrito amoxicilina, que ele usou, sem qualquer melhora clínica. No exame físico, você identifica adenomegalia axilar à direita e sopro cavernoso em ápice pulmonar direito. O RX de tórax do paciente revelou a presença de velamento alveolar em ápice direito, com formação de caverna de 2,5 cm de diâmetro e a baciloscopia do escarro acusou a presença de BAAR++. Qual das condutas abaixo NÃO se aplicaria inicialmente a esse paciente?

A
Internação hospitalar por pelo menos 2 semanas, para proteção da família e dos colegas de trabalho.
B
Investigação da infecção pelo HIV, por meio de sorologia, e avaliação do controle glicêmico.
C
Prescrição de isoniazida para as crianças se elas estiverem assintomáticas, com RX de tórax sem alterações e PPD = 5 mm.
D
Recomendar o tratamento com rifampicina + isoniazida + pirazinamida + etambutol + vitamina B6 supervisionado pela equipe local de saúde.
Você é chamado para examinar um RN a termo, com 48 horas de vida, em aleitamento materno exclusivo no alojamento conjunto. A mãe se queixa de intumescimento mamário e que seu filho chora muito e se mostra irritado. O exame físico é normal, embora o neonato esteja ictérico ++/4+ até zona II de Krammer e tenha perdido 8% do peso de nascimento. Assinale a alternativa que contém a MELHOR CONDUTA: Referência: MINISTÉRIO DA SAÚDE - Programa de Aleitamento Materno.
No sangramento abundante das lesões hepáticas grau V, podemos empregar uma manobra na tentativa de controlar ou diminuir a perda sanguínea do paciente. Essa manobra é executada colocando-se uma pinça vascular delicada através do forame de Winslow em direção à margem do ligamento hepatoduodenal. A denominação é dessa manobra é: (Referência: GAMA RODRIGUES, J. J.; MACHADO, M. C. C.; RASSLAN, S. - Clínica Cirúrgica FMUSP. Editora Manole 2008).
Duas semanas após a realização de uma colecistectomia laparoscópica, uma paciente de 30 anos apresenta-se ictérica. O exame ultrassonográfico do abdome revela leve dilatação das vias biliares intra e extra-hepáticas com imagem ecogênica produzindo sombra acústica localizada no colédoco distal. A melhor conduta nesse caso é:
Paciente de sexo feminino com 70 anos apresenta dor contínua em quadril direito, que é também referida em face interna de coxa e joelho e com restrição dos movimentos do quadril em questão. Tem diagnóstico clínico de artrose de articulação coxofemural. Que alterações são esperadas no RX do quadril?
Compartilhar