Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Hematologia

Paciente, 5 anos de idade, em tratamento de leucemia linfoide aguda há 6 meses. Há 6 horas, apresentou quadro de coriza hialina e febre 38,5°C, 1 pico isolado que cedeu com uso de dipirona. Sem outras queixas. Último ciclo de quimioterapia há 1 semana. Ao exame: BEG, descorado (+/++++), acianótico, anictérico, sem edemas. Boca e ouvido: s/alterações. FR: 26 irpm; murmúrio vesicular simétrico, sem ruídos adventícios; FC: 108 bpm; bulhas rítmicas, normofonéticas, sem sopros; abdome normotenso, sem visceromegalia; ruídos hidroaéreos presentes e normoativos. Sem sinais meníngeos. Hemograma: Hb = 8,6 g/dl; GB = 1.200/mm³ (12% segmentados e 88% linfócitos). Plaquetas: 68.000/mm. A conduta é:

A
internação imediata, observação rigorosa e antibioticoterapia endovenosa de amplo espectro.
B
manutenção de antitérmico e observação domiciliar, com retorno em 24 horas para reavaliação ou antes, se piora do quadro.
C
amoxacilina 50 mg/kg/dia de 8/8 horas por 7 dias.
D
solicitar radiografia de tórax, ultrassom de abdome, culturas e definir conduta após resultados de exames.
São contraindicações das gonadotrofinas para o tratamento da infertilidade, EXCETO:
Homem de 22 anos é trazido à emergência por uma ambulância devido a quadro de dor toráxica e formigamento nas mãos. Acredita ter sofrido ataque cardíaco e está muito assustado com a possibilidade de morrer subitamente. Relata episódios semelhantes toda vez que se encontra em locais com muitas pessoas. Nega antecedentes de qualquer doença. Ao exame, apresenta sudorese, taquipneia e pressão arterial, ligeiramente, acima de 140/90 mmHg. O eletrocardiograma mostra taquicardia sinusal. A temperatura, a glicemia e a dosagem de enzimas cardíacas estão normais. Qual a causa mais provável deste quadro?
Dos exemplos abaixo quais você solicitaria no caso de uma pessoa idosa apresentasse dispneia súbita pós-correção cirúrgica ortopédica:
A confirmação diagnóstica da gota é feita quando há:
Compartilhar