Questões na prática

Pediatria

Doenças Respiratórias

Paciente, 6 meses de idade, previamente hígido vem ao atendimento com coriza nasal hialina há 5 dias; febre diária (2 picos que cedem com antitérmico) há 4 dias, e há 3 dias com chiado no peito e tosse seca. Houve diminuição do apetite neste período. Nota-se regular estado geral, taquidispneico, acianótico, anictérico e tórax com retração intercostal e subdiafragmática. A ausculta pulmonar evidencia murmúrio vesicular presentes, porém, diminuídos difusamente em bases posterior com aumento do tempo expiratório e sibilos esparsos. FR = 60 irpm e FC = 150 bpm. O diagnóstico e os agentes etiológicos comuns desta doença são:

A
Pneumonia bacteriana; Streptococcus pneumoniae e Staphylococcus aureus.
B
Pneumonia viral; parainfluenza vírus e H1N1.
C
Bronquiolite aguda; vírus sincicial respiratório e metapneumovírus.
D
Bronquite infecciosa; influenza e adenovírus.
Na estenose hipertrófica do piloro, é verdadeiro afirmar que:
Avalie as seguintes afirmativas quanto à hanseníase. I. As principais causas de morbidade da hanseníase decorrem do fato de que o Mycobacterium leprae apresenta tropismo característico pelos nervos periféricos acrescido a que certos estados reacionais são mediados imunologicamente. II. Define-se como caso de hanseníase indivíduo que apresente uma ou mais de uma das seguintes características e que requer quimioterapia: lesão(ões) de pele com alteração de sensibilidade; acometimento de nervo(s) com espessamento neural e baciloscopia positiva. III. O Mycobacterium leprae tem baixa infectividade e alta patogenicidade, isto é, infecta muitas pessoas, no entanto só poucas adoecem. IV. A poliquimioterapia padronizada pela Organização Mundial de Saúde inclui os seguintes agentes de escolha no tratamento da hanseníase: dapsona, clofazimina e rifampicina. V. Os estados reacionais ocorrem, principalmente, durante os últimos meses do tratamento quimioterápico da hanseníase, mas também podem ocorrer antes ou depois do mesmo nesse caso após a cura do paciente. Assinale a alternativa correta.
Considere as seguintes informações: I- A glicose passa a placenta por difusão facilitada. A insulina não ultrapassa a barreira placentária. II- Ocorre agravamento do diabetes na gestação entre 12 e 20 semanas de gestação. III- No binômio diabetes mellitus e gravidez há possibilidade de complicações, tais como parto pré-termo, pré-eclâmpsia, polidrâmnio e macrossomia. Assinale a alternativa correta:
Paciente em trabalho de parto, IV plano de hodge,feto vivo, com partograma revelando variedade de posição OEA que ultrapassou a linha de ação. Qual a conduta?
Compartilhar