Questões na prática

Pediatria

Doenças Respiratórias

Paciente, 6 meses de idade, previamente hígido vem ao atendimento com coriza nasal hialina há 5 dias; febre diária (2 picos que cedem com antitérmico) há 4 dias, e há 3 dias com chiado no peito e tosse seca. Houve diminuição do apetite neste período. Nota-se regular estado geral, taquidispneico, acianótico, anictérico e tórax com retração intercostal e subdiafragmática. A ausculta pulmonar evidencia murmúrio vesicular presentes, porém, diminuídos difusamente em bases posterior com aumento do tempo expiratório e sibilos esparsos. FR = 60 irpm e FC = 150 bpm. O diagnóstico e os agentes etiológicos comuns desta doença são:

A
Pneumonia bacteriana; Streptococcus pneumoniae e Staphylococcus aureus.
B
Pneumonia viral; parainfluenza vírus e H1N1.
C
Bronquiolite aguda; vírus sincicial respiratório e metapneumovírus.
D
Bronquite infecciosa; influenza e adenovírus.
O abdome agudo é uma das síndromes clínicas mais comuns encontradas na prática médica, sendo caracterizada como uma dor na região abdominal de origem não traumática, de aparecimento súbito e de intensidade variável, associada ou não a outros sintomas. Em relação à síndrome do abdome agudo inflamatório, assinale a alternativa incorreta:
Paciente, sexo masculino, 57 anos de idade, hipertenso e portador de fibrilação atrial crônica, cursando há 3 horas com dor em membro inferior esquerdo, associado à palidez cutânea, parestesia e diminuição da força muscular. Não possui antecedente de claudicação. Ao exame físico, apresenta fáscies de dor aguda, ausência, ausência de pulsos tibiais posteriores e pediosos no membro inferior esquerdo. Pulsos contralaterais normais. A síndrome de neoplasia endócrina múltipla tipo I corresponde às seguintes neoplasias:
Em relação ao carcinoma hepatocelular (CHC), é correto afirmar que:
Mulher de 57 anos, apresenta reação de Mitsuda positiva. Pode-se afirmar que ela:
Compartilhar