Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Paciente, 75 anos de idade, que trabalhou em olaria e fumou dos 15 aos 65 anos de idade, queixa-se de dispneia progressiva há 20 anos. No momento, tem dispneia aos pequenos esforços e períodos de agravamento com tosse e secreção amarelada após gripes ou resfriados. Ao exame físico, apresentava-se em bom estado geral, corado, hidratado, afebril, taquipneico, cianótico e emagrecido. Havia estertores finos bilaterais, redução bilateral e simétrica dos limites pulmonares e baqueteamento digital. O diagnóstico mais provável é:

A
Bronquiectasias.
B
Doença pulmonar obstrutiva crônica.
C
Silicose pulmonar.
D
Fibrose pulmonar idiopática.
Você está na sala de parto e o obstetra avisa que vai nascer um recém-nascido a termo com aproximadamente 3000g e que foi indicado cesárea por sofrimento fetal agudo, porém sem mecônio. Após o nascimento o RN encontrava-se em apneia sendo levado à mesa de reanimação, feito os passos iniciais em 30 segundos, mantendo-se todavia em apnéia. Foi iniciada ventilação com pressão positiva com ar ambiente e colocado o sensor de oxigênio. Como não melhorasse a técnica de ventilação foi checada e colocado oxigênio a 100%. Com 2 minutos de vida continuava em apnéia e a frequência cardíaca = 70bpm. Qual a conduta a seguir na sequência correta:
RN com característica de Síndrome de Down, iniciou com aproximadamente 12 h de vida, vômitos de caráter progressivo, tornando-se biliosos. Havia relato na história gestacional de polidrâmnio. Ao exame físico o abdome não apresentava distensão, porém foram visualizadas ondas peristálticas. Realizado radiografia de abdome que evidenciou a presença de dupla bolha. Diante desses dados, a principal hipótese diagnóstica é:
Identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas: ( ) A gastrosquise é um defeito da parede abdominal no sítio do anel umbilical, recoberto por âmnio e peritônio. ( ) Bebês com gastrosquise apresentam incidência de 50% de anomalias associadas. ( ) Na onfalocele, o defeito abdominal é adjacente e lateral a um cordão umbilical de inserção normal, não recoberto por saco membranoso. ( ) Um dos desafios mais difíceis na conduta da gastrosquise é lidar com intestino disfuncional. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.
Recém-nato, portador de Síndrome de Down e com história gestacional de polidrâmnio, apresentou às primeiras horas de vida vômitos biliosos, sem distensão abdominal. No segundo dia, encontrava-se ictérico, com persistência dos vômitos biliosos e, ao exame físico, eram visualizadas ondas peristálticas abdominais. Identificou-se sinal de dupla bolha ao RX de abdome simples. Qual é a conduta inicial recomendada nesse caso?
Compartilhar