Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

Paciente admitida no pronto-atendimento com sangramento genital, dor em baixo ventre, e atraso menstrual de 2 meses. Ao exame, apresentava pressão arterial de 90 x 50 mmHg, descorada +2/+4, com sudorese, pulso arterial de 100 bpm, e sangramento pelo orifício externo do colo de moderada quantidade. Ao toque vaginal, o colo estava impérvio com útero discretamente aumentado. Realizado teste de gravidez qualitativo na urina que revelou resultado positivo. Com bases nesses dados, é possível formular a(s) seguinte(s) hipótese(s) diagnóstica(s), dentre as síndromes hemorrágicas do primeiro semestre da gravidez:

A
está descartada a hipótese de prenhez ectópica, porque não foi descrita massa anexial ao exame físico.
B
está descartada a hipótese de doença trofoblástica gestacional, porque não foi observada a saída de vesículas pelo orifício externo do colo uterino.
C
não é possível se tratar de abortamento incompleto, porque não há dilatação do colo uterino.
D
se fosse prenhez ectópica, haveria obrigatoriamente descrição de dor ao toque do fundo de saco de Douglas.
E
com base nos dados apresentados, não é possível descartar prenhez ectópica, abortamento ou doença trofoblástica gestacional.
Qual das afirmativas abaixo a respeito das citoquinas relacionadas a resposta inflamatória a agressão cirúrgica esta INCORRETA:
Em relação às neoplasias malignas da glândula tireoide, assinale a alternativa em que as lesões estão listadas em ordem crescente de agressividade:
E relação à anatomia da córnea, assinale a alternativa correta:
Recém-nascido de 41 semanas nasceu por meio de parto fórceps, após período expulsivo prolongado, e apresentando líquido meconial fluido. Ele está hipotônico, com choro débil e bradicárdico. Após posicioná-lo sob fonte de calor radiante, a conduta imediata é:
Compartilhar