Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Nefrologia

Paciente, branco, sexo masculino, iniciou, aos 3 anos e 11 meses, edema progressivo até anasarca, em 2 semanas. A genitora relata aumento de 3 kg. Antecedentes pessoais não significativos. História familiar: mãe e tio maternos albinos. Ao exame físico, apresentava-se normotenso, com edema generalizado, peso de 23 kg, altura de 107 cm. Os exames complementares iniciais revelaram hipoalbuminemia de 1,4 g/dl e proteinúria de 4,7 g/dia. O diagnóstico mais provável é:

A
síndrome nefrótica.
B
citomegalia.
C
tuberculose renal.
D
AIDS/SIDA.
E
síndrome nefrítica.
Um paciente com 19 anos de idade, trabalhador rural, procurou assistência médica ambulatorial em virtude de apresentar, há 3 dias, quadro clínico caracterizado por intenso prurido em todo o corpo, mais intenso à noite. O exame físico mostrou a presença de vesículas e pálpulas nas regiões interdigitais, periumbilical, pubiana e no pênis. Considerando a situação hipotética descrita acima, julgue os itens seguintes. O tratamento dessa doença deve obedecer a dois ciclos com intervalo de uma semana entre eles.
Você, médico, está andando na praia e encontra uma criança de, aproximadamente, 5 anos, desacordada na beira do mar. Ela está cianótica, respiração agônica, secreção abundante em boca, sem pulsos. Olha ao redor e percebe que está sozinho. Qual a sua conduta?
Injúrias vasculares retroperitoneias no trauma geralmente são detectadas durante a laparotomia exploradora de urgênia. Em relação a essas lesões, é correto afirmar que aquelas ocorridas na:
Recém-nascido, peso de 4.020 g, nascido de parto vaginal, com extração difícil na hora do parto, apresenta membro superior direito em adução e rotação interna do braço e pronação do antebraço. O reflexo de Moro é ausente deste lado e a preensão palmar é preservada. A hipótese diagnóstica mais provável é:
Compartilhar