Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Paciente chega ao pronto socorro queixando de sangramento transvaginal há quatro dias. Informa que iniciou piora da quantidade de fluxo há três horas associada com uma dor de forte intensidade e que depois houve melhora da dor com diminuição do sangramento. Apresentava atraso menstrual de sete semanas, não usava método contraceptivo, é casada e secundigesta. Ao exame físico: colo fechado, sangramento transvaginal de discreta quantidade, útero de volume menor que o correspondente á idade gestacional. Assinale a alternativa que contém o diagnóstico e a conduta respectivamente.

A
Abortamento inevitável. Dilatação e esvaziamento por sucção (AMIU) ou curetagem.
B
Ameaça de abortamento. Repouso, controle com ultrassonografia transvaginal e pré-natal.
C
Abortamento incompleto. Dilatação e esvaziamento por sucção (AMIU) ou curetagem.
D
Aborto completo. Controle com ultrassonografia transvaginal para confirmar “útero vazio”.
E
Abortamento Oculto. Controle com ultrassonografia transvaginal e dilatação e esvaziamento por sucção (AMIU) ou curetagem se for necessário.
Em relação à terapêutica da insuficiência cardíaca, é incorreto afirmar que:
Todas as opções encerram objetivos da terapia de reperfusão no infarto agudo do miocárdio(IAM), exceto:
Considere o seguinte caso clínico sobre derrame pleural. Homem, 50 anos, negro, fumante 60 maços-ano, com tosse crônica, perda de peso. Análise do sangue: DHL = 450mg/dl e proteínas = 4,5g/dl. Análise do líquido pleural: DHL = 275mg/dl e proteínas = 3,8/dl. Citológico diferencial predomínio de linfócitos. Adenosina deaminase = 60U.
Qual das situações abaixo é considerada complicação imediata de tireoidectomia?
Compartilhar