Questão de Residência Médica
Paciente, cinco meses de idade, sexo masculino, apresenta coriza e tosse evoluindo rapidamente para tosse rouca com estridor em repouso e dispneia. Atendido em serviço de emergência é transferido para internação hospitalar. Nos antecedentes, nascido de parto cesário, após pré-natal normal, cartão vacinal completo, a genitora nega passado de quadro semelhante, alimentação mista (leite maternizado, frutas e verduras). Ao exame, FC: 116 bpm, FR: 40 ipm, temperatura axilar: 36,5°C, bom estado geral, dispneia leve, sem cianose, tiragem intercostal, orofaringe com placas esbranquiçadas, ausculta cardiopulmonar com roncos e sibilos. Hemograma, Hb: 10,5 g, Htc: 33%, leucócitos: 25.000 (segmentados 22%, linfócitos 75%, eosinófilos 1%, monócitos 1%). Rx de tórax normal. Em relação a essa patologia, é incorreto afirmar:
A

Os principais agentes etiológicos relacionados são os vírus Parainfluenza I, II e III além do vírus respiratório sincicial tipos A e B, do vírus Influenza A e do rinovírus.

B

O diagnóstico é clínico, não havendo necessidade de exames subsidiários.

C

O "sinal da torre" na radiografia posteroanterior do pescoço é fundamental para o diagnóstico.

D

O tratamento inclui inalação com 5 mg de L-adrenalina convencional.

E

É indicado o uso de corticoide, como dexametasona, via oral, ou budesonide, via inalatória.

Compartilhar

Pratique com mais de 130 mil questões de residência

Apple Store Google Play