Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente, com 25 anos de idade, nuligesta, com tumor macroscópico de colo uterino de aproximadamente 4cm de diâmetro. À colposcopia, não foi evidenciada invasão de fórnices vaginais e, ao toque retal, paramétrios são livres. Foi realizada ressonância magnética da pelve que excluiu a possibilidade de invasão vesical e retal, mas evidenciou nítida invasão parametrial bilateral proximal, sem comprometimento da vias urinarias. A melhor conduta a ser adotada é:

A
Radioterapia pélvica com braquiterapia e quimioterapia sensibilizante
B
Histerectomia ampliada e linfonodectomia pélvica
C
Traquelectomia radical e linfonodectomia pélvica laparoscópica
D
Quimioterapia neodjuvante e cirurgia de Wertheim-Meigs
E
Radioterapia neoadjuvante e cirurgia de Wertheim-Meigs
Durante o seu trabalho na unidade básica de saúde, você é contatado de emergência em virtude de um acidente: uma mulher de 35 anos acaba de ser atacada por um cão da raça pitbull, que resultou em mordeduras profundas nas mãos e antebraços. As pessoas que vieram ao seu socorro conseguiram conter o animal com pauladas. Desde então, o animal está desaparecido. No atendimento, você constata várias lesões inciso-contusas nas mãos e antebraços, algumas delas ultrapassando o tecido celular subcutâneo, bem próximas aos tendões das mãos e à articulação do cotovelo. O dono do pitbull, intimado a prestar esclarecimentos, alega que o cão é saudável, bem cuidado e vacinado anualmente contra a raiva. Ao avaliar a mulher, além da vacinação básica, a última dose de vacina antitetânica relatada foi aos 14 anos. Além de cuidados adequados com os ferimentos, a conduta mais adequada em relação ao caso seria (raiva humana/tétano/infecção secundária à mordedura):
Em relação à terapêutica da insuficiência cardíaca, é incorreto afirmar que:
As queixas de epigastralgia, ou desconforto abdominal alto, são comuns na prática clínica. A gravidade dos sintomas e a presença de queixas associadas a esses sintomas determinam a investigação complementar. Com base nessas informações, julgue os itens de 29 a 32. A síndrome do esvaziamento gástrico precoce (síndrome de dumping) é mais comum após a gastrectomia total ou parcial com reconstrução à Billroth II, — gastrojejunoanastomose — do que após a reconstrução à Billroth I — gastroduodenoanastomose.
Homem, 42 anos, procura você para consulta por causa de dor lombar há 10 dias. Ao início era discreta, mas agravou-se e agora impede de trabalhar e andar. É pedreiro, nega trauma, febre, emagrecimento ou história médica anterior. A dor se irradia da região posterior da coxa direita até o tornozelo. A extensão do membro é muito dolorosa, mas a força de extensão do hálux é normal e, também, são normais os reflexos aquileu e patelar. Pode-se afirmar, EXCETO:
Compartilhar