Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente com 30 anos de idade, nulípara, relata aumento do volume abdominal, dismenorreia e hipermenorreia. No exame ginecológico observa-se abdome assimétrico, tumor bocelado palpável no hipogástrio e, no toque vaginal, os movimentos realizados no colo são transmitidos para o tumor abdominal. A hipotése mais provável entre as abaixo é:

A
Leiomioma uterino intramural subseroso.
B
Neoplasia de óvario, possivelmente de linhagem epetelial.
C
Neoplasia de ovário, possivelmente de linhagem germinativa.
D
Neoplasia pélvica, possivelmente extra-genital.
E
Leiomiossarcoma uterino.
Dentre os anestésicos inalatórios atualmente em uso no Brasil, o que tem o menor índice de metabolismo no organismo é o:
A taquipneia transitória do recém-nato está relacionada principalmente a:
Correlacione as alternativas abaixo relativamente à hipertensão arterial secundária. I-Hipertensão renovascular. II-Hiperaldosteronismo. III-Feocromocitoma. IV-Coarctação da aorta. V-Apneia do sono. A-avaliação dos pulsos arteriais periféricos. B-presença de sopro abdominal. C-sonolência diurna e obesidade. D-presença de hipocalemia. E- dosagem de catecolaminas.
Considere a veracidade das frases abaixo, relacionadas ao manejo de pacientes com infecção pelo HIV. I- Após o início da Terapia Antirretroviral (TARV), pode acontecer uma piora paradoxal de infecções oportunistas pré-existentes, não tratadas, ou tratadas parcialmente. II- Na América do Sul, a reativação da doença de Chagas é considerada uma condição definidora de AIDS. Na forma de meningoencefalite, as lesões aparecem radiologicamente como lesões únicas ou múltiplas áreas hipodensas, tipicamente com o sinal do anel e edema. III- Uma das indicações para alterar a TARV é menos de 1 log de queda de RNA no plasma, após 8 semanas do início do tratamento. Marque a alternativa correta.
Compartilhar