Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

Paciente com 30 anos, Go Po Ao, múltiplos parceiros, mantendo relação sem preservativos, chega ao serviço de saúde com queixa de corrimento vaginal fétido, purulento e prurido vulvar. Ao exame físico, nota-se secreção amarelada, exsudando pela vagina, eritema vaginal segmentar e colpite macular. Nesse caso, deve-se solicitar:

A
citologia oncoparasitária (COP) e teste para HIV. Tratar com fluconazol, pois a clínica é de candidíase vulvovaginal.
B
citologia oncoparasitária (COP) e tratar a paciente com azitromicina 1 g dose única, pois trata-se de neisseria gonoreae.
C
cultura da secreção e colposcopia, para definir o diagnóstico e então prescrever o tratamento.
D
citologia oncoparasitária (COP) e tratar com metronidazol (dose única 2 g ou 500 mg, 2 vezes ao dia por 7 dias) porque trata-se de trichomonas vaginalis.
Sr. José está em uso de esquema I para tuberculose há 2 semanas e a filha lhe pede uma consulta domiciliar pois o pai está com pouco apetite, sonolento e vomitando. Ao exame, ele está emagrecido, ictérico (+2/4+), eupneico, normotenso, sonolento, mas o reconhece e refere muito mal estar. Seus últimos exames, feitos há 1 mês, demonstram enzimas hepáticas normais e elevação da creatinina sérica. Você, então:
Os defeitos de fechamento do tubo neural:
Dor na metade do ciclo menstrual está associada à ruptura de:
De acordo com o manual do Ministério da Saúde, devemos considerar como sinais de alarme na dengue os sinais e/ou sintomas listados abaixo, exceto:
Compartilhar