Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente com 45 anos de idade, em terapia hormonal. Mamografia BI-RADS 0. A melhor conduta será:

A
não fazer nada.
B
fazer acompanhamento a curtos períodos.
C
complementar a propedêutica.
D
prescrever raloxifeno.
E
suspender a TH imediatamente.
Adolescente de 14 anos e 6 meses com amenorreia primária. Refere telarca há 18 meses, velocidade de crescimento de 6 cm/ano. Exame físico: Peso 51 Kg (PC 50), altura 164 cm (pe50-75), Tanner M3P2. A menarca materna ocorreu com 15 anos. Qual a conduta mais apropriada?
Escolar de 8 anos, apresentando quadro sugestivo de GNDA pós estreptocócica, na quarta semana de doença ainda mantém hipertensão arterial e hematúria macroscópica. Exames complementares: Proteinúria 70 mg/Kg/dia; ureia 90 mg/dl; creatinina 3,7 mg/dl; ultrassonografia de vias urinária, rins aumentados de volume, sem perda da relação corticomedular. Neste caso indica-se:
Maria, 40 anos, sem antecedentes patológicos, apresentou súbita tontura seguida de pré-síncope após caminhada de 30 minutos no plano. Avaliada em ambulatório, constatou-se apenas ritmo cardíaco irregular e pulso de 170bpm. O ECG demonstrou ausência de onda P e intervalo RR irregular. Qual dos exames abaixo é mais importante na avaliação da causa desta arritmia.
Sueli, 25 anos, vem apresentando fraqueza muscular, irregularidade menstrual e aumento de peso. Ao exame físico, apresenta-se levemente hipertensa, obesa, estrias abdominais, acne e hirsutismo. A hipótese diagnóstica é:
Compartilhar