Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Neurologia

Hematologia

Dermatologia

Dermatologia

Paciente com 6 meses de idade apresenta, ao despertar e ao adormecer, 5 a 10 contrações rápidas em flexão dos membros superiores, repetidas, acompanhadas de queda da cabeça. O eletroencefalograma é compatível com hipsarritmia. No exame clínico, observa-se leve atraso no desenvolvimento motor e cognitivo, manchas hipocrômicas em forma de chama de vela e no estudo de imagem nódulos hiperdensos subependimários. Apresenta antecedente de rabdomioma do coração que está em remissão. Assinale os diagnósticos e o tratamento indicado.

A
Reflexo de Moro e epilepsia mioclônica - fenobarbital.
B
Síndrome de West e neurofibromatose - vigabatrina.
C
Síndrome de West e neurofibromatose - ACTH.
D
Síndrome de West e toxoplasmose congênita - ácido valproico.
E
Síndrome de West e esclerose tuberosa - corticosteroide.
Uma médica do trabalho atende um funcionário de indústria metalúrgica, com queixa de diminuição da acuidade auditiva iniciada há meses. A perda auditiva é bilateral e progressiva. O funcionário tem 48 anos, trabalha na indústria há 20 anos e é portador de diabetes tipo 2. Após exames especializados, a médica chega ao diagnóstico de Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) relacionada ao trabalho. Qual esclarecimento deve ser dado ao funcionário?
Recém-nascido a termo, pequeno para idade gestacional, baixo peso, nasceu de parto cesárea, com apgar 5 e 8, peso de 1600g, HTº 65%, PCR negativo. Evoluiu com desconforto respiratório leve, porém persistente, com crises de cianose, hipoglicemia persistente e icterícia precoce, além de irregularidade na absorção das dietas. A hipótese diagnóstica para esse recém-nascido é:
M.D.A., de sete anos, sexo masculino, tem apresentado dificuldades escolares. A professora notou que a criança tem períodos rápidos de parada das atividades, não responde quando chamado e tem olhar parado. Estes períodos são de curta duração de, no máximo, um minuto, porém se repetem várias vezes. Não refere nenhuma outra queixa e os exames clínicos e neurológicos são normais. Foi pedido um EEG e o laudo revelou atividade de espícula onda lenta 3 Hz difusa. Qual o diagnóstico para essa criança?
Gestante (G2P1A0), HIV positiva em uso de AZT 600 mg ao dia, chega à maternidade referindo dor no baixo ventre. Tem idade gestacional de 39 semanas, avaliada por ultrassonografia realizada com 12 semanas de gestação. Traz exame de carga viral de 1.200 cópias/ml, efetuado com 29 semanas. Ao exame, apresenta dinâmica de uma contração fraca em 15 min, batimentos cardiofetais de 148 bpm, colo com 1,5 cm, longo, grosso e posterior. A bolsa está íntegra e a apresentação é cefálica no plano -1 de De Lee. Qual a conduta mais adequada?
Compartilhar