Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Paciente com diabetes melito tipo 2, obesidade central evidente, inicia dieta, atividade física regular e metformina que atinge dose máxima de 2,5 g/dia, mas mesmo assim, mantém níveis de HbA1 C, três pontos acima do limite superior do método. Sabendo-se que o paciente apresenta níveis plasmáticos de insulina elevados, além de intensificar a atividade física e dieta, a conduta terapêutica mais adequada nessa fase é:

A
insulinização imediata, pois são poucos os recursos que não a insulina, nesse caso.
B
acrescentar um inibidor da alfaglucosidase tipo Acarbose, que reduz predominantemente glicemia de jejum.
C
acrescentar um secretagogo de insulina, como uma sulfonilureias tipo Gliclazida.
D
acrescentar uma glinida tipo Repaglinida, secretagogo de curta duração.
E
iniciar outro agente hipoglicemiante sensibilizador da ação da insulina, como uma tiazolidinediona tipo Pioglitazona.
As vacinas que fazem parte do calendário nacional de vacinação do Ministério da Saúde para maiores de sessenta anos são:
Homem, 72 anos de idade, com tensão arterial mantida em níveis de 175 X 80 mmHg, sem outras alterações, procura atendimento médico. O tratamento mais recomendado é:
Paciente alcoólatra, após vômitos intensos, apresenta hemorragia digestiva alta. A hipótese diagnóstica correta é:
Mulher de 32 anos, nulípara, residente em Magé é atendida no ambulatório, apresentando amenorreia e queixa de náuseas e vômitos incoercíveis. Ao exame físico a mesma se apresenta hipocorada +/4+, desidratada ++/4+, emagrecida FC 100 bpm. Devemos encontrar nos exames complementares:
Compartilhar