Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Paciente com febre, tosse e dor torácica há 5 dias apresenta RX de tórax com derrame pleural. A punção do líquido mostrou um empiema. As características com relação a presença de leucócitos, predomínio de células, glicose e pH são, respectivamente:

A
aumentada; polimorfonucleares; baixa; > 7,3.
B
aumentada; polimorfonucleares; baixa; < 7,3.
C
aumentada; polimorfonucleares; normal; 7,3.
D
diminuída; mononucleares; normal; < 7,3.
E
diminuída; mononucleares; baixa; > 7,3.
Na avaliação inicial de um paciente politraumatizado que apresente trauma cranioencefálico maior, os fatores de maior relevância para o prognóstico são:
Edema bipalpebral bilateral, representa causa rara de edema palpebral de origem infecciosa, pode ocorrer por compressão de drenagem linfática pela compressão exercida pelo aumento ganglionar; pode ser tão exuberante, a ponto de ser confundido erroneamente com edemas de causas renais. A descrição acima está relacionada com:
A associação de fenômenos de trombose vascular predominantemente arterial (AVC, infarto do miocárdio, infarto renal), perdas fetais recorrentes, plaquetopenia e vegetações valvares não bacterianas faz supor o diagnóstico de:
Menina de 3 anos de idade é levada ao serviço de emergência devido à prolapso retal e anemia. O agente etiológico relacionado a este quadro é:
Compartilhar