Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Paciente com hemorragia intrauterina é submetida à aspiração por mola hidatiforme. Cessado o sangramento, o controle da ausência de atividade trofoblástica far-se á por:

A
dosagem do estriol urinário.
B
exame citopatológico.
C
USG seriada.
D
pesquisa e eventual dosagem de gonadotrofinas.
E
dosagem seriada da progesterona sérica.
Após uma cirurgia de emergência para tratamento de ruptura de aneurisma de aorta abdominal, no terceiro dia de pós-operatório o paciente queixa-se de dor de forte intensidade em flanco esquerdo e apresenta diarréia mucosanguinolenta.. O diagnóstico mais provável é:
Paciente masculino, com 37 anos, apresenta-se com queixas de dores lombares esporádicas, nega febre e a diurese está presente. Ultrassom mostra imagem compatível com cálculo na pelve renal direito, com 2,3 cm, sem hidronefrose. O raio X não apresenta imagens radiopacas na topografia do trato urinário. Exames revelam: creatinina 0.83 mg/dl; ácido úrico 7,7 mg/dl; sumário de urina com PH 5; densidade 1.020, leucócitos 2 e eritrócitos 1, com presença de inúmeros cristais de urato amorfos. O médico do atendimento primário conclui que se trata de um cálculo de ácido úrico. A conduta CORRETA para esse paciente é realizar:
Homem de 73 anos, tabagista, busca atendimento com dor em membro inferior direito há meses, tem claudicação intermitente e diminuição progressiva na distância da deambulação. Exame físico: pulsos diminuídos na extremidade do membro inferior direito e diminuição de temperatura. Deve-se:
A Hiperplastia Prostática Benigna (HPB) caracteriza-se por:
Compartilhar