Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Hematologia

Paciente com história de hepatite crônica por vírus C, sem seguimento médico ambulatorial há 12 anos, apresenta-se ao pronto socorro com queixa de aumento progressivo de volume abdominal e desconforto respiratório. Ao exame apresenta-se consciente, com aranhas vasculares, eritema palmar, ascite tensa e circulação colateral evidente em parede abdominal. Baseando-se no caso apresentado, assinale a alternativa INCORRETA:

A
Na presença de RNI acima de 2, deve-se transfundir plasma fresco antes de realizar a paracentese.
B
Na presença de mais de 250 polimorfonucleares na análise do líquido ascítico, deve-se suspeitar de peritonite bacteriana espontânea.
C
Pela presença de desconforto respiratório e ascite tensa, a conduta inicial de escolha é a paracentese terapêutica com retirada de até 5.000 ml do líquido ascítico.
D
Na terapia de manutenção, utiliza-se espironolactona associada à furosemida.
E
O uso de diuréticos por via endovenosa não está indicado no tratamento de ascite secundária à cirrose.
Em relação ao uso de substâncias psicoativas, qual a alternativa correta?
A Embolia Pulmonar tem uma frequência que varia de 20 a 25 por 100.000 pacientes hospitalizados nos E.U.A. São causas de tromboembolia pulmonar, exceto:
Com relação às artrites reativas, assinale a afirmativa CORRETA:
Considere as seguintes pacientes na primeira consulta: I. Mulher de 56 anos com área densa palpável, mal delimitada, medindo cerca de 2,5 cm de diâmetro em quadrante súpero-lateral da mama esquerda. Nega antecedentes familiares para câncer de mama. II. Mulher de 26 anos com queixa de dor mamária bilateral cíclica uma semana antes da menstruação, mais intensa à esquerda. Nega antecedentes familiares para câncer de mama. Exame clínico das mamas considerado normal. III. Mulher de 49 anos, queixando-se de nódulos que aparecem e desaparecem nas mamas. Traz ultrassonografia de outro serviço evidenciando cinco cistos simples com menos de 1 cm de diâmetro dispersos em ambas as mamas, sem evidência de nódulos sólidos. Apresenta menstruações regulares. Refere que a mãe teve câncer de mama aos 57 anos. Próximo exame complementar mais apropriado a ser solicitado para as pacientes I, II e III, respectivamente, é:
Compartilhar