Questões na prática

Pediatria

Doenças Respiratórias

Paciente com oito meses é atendido no posto de saúde com história de febre baixa, tosse e coriza, há 48 horas. No exame físico, foi observada discreta hiperemia de membrana timpânica à direita e frequência respiratória de 41 irpm, sendo observada, ainda, discreta sibilância na ausculta respiratória. Foi prescrito amoxacilina na dose de 90mg/Kg/dia, tendo sido justificado pelo médico que o paciente estaria com otite média aguda à direita e pneumonia. Sobre este atendimento, assinale a alternativa correta:

A
Pelas normas do Ministério da Saúde/OMS, realmente o paciente apresenta o diagnóstico de pneumonia. Entretanto, a dose de amoxacilina deveria ter sido de 50mg/Kg/dia.
B
Apesar de o diagnóstico de pneumonia não estar correto, como a resistência bacteriana ao pneumococo está crescendo no Brasil e o paciente em questão é um lactente jovem, foi correto o uso de amoxacilina na dose de 90mg/Kg/dia, já que o paciente apresentava clínica de otite média aguda bacteriana.
C
O único erro observado no caso é que a discreta de hiperemia de membrana timpânica à direita não permite o diagnóstico de OMA, já que qualquer resfriado comum pode cursar com hiperemia de MT.
D
Apesar de a FR estar aumentada para idade, o que, pelas normas do MS/OMS, permite o diagnóstico de pneumonia, a presença de espasticidade implicaria a necessidade de nebulização com beta 2 e, depois, a reclassificação da FR.
E
O quadro clínico poderia ser compatível com bronquiolite viral aguda.
Paciente chega ao ambulatório de referência encaminhado pela Unidade de Saúde com os seguintes exames : HbsAg – (+), AntiHBc total – (+), HbeAg – (-), AntiHBe – (+), antiHVA – (+), AntiHCV – (-), transaminases dentro dos limites normais. Assintomático. Analise as afirmativas abaixo: 1. O paciente é portador de Hepatite B com mutação pré-core. 2. O paciente é portador de Hepatite A considerando a presença do marcador AntiHAV positivo. 3. Deverá ser realizado a quantificação do HBVDNA por PCR, com a finalidade de avaliar a condição de portador ativo ou inativo. 4. Os exames apresentados são suficientes para definir a necessidade de tratamento imediato com antivirais, considerando a presença do HbsAg positivo.
Paciente do sexo masculino, 42 anos, compareceu ao ambulatório de dermatologia com queixa de dor e calor na perna direita. Ao exame dermatológico, apresentava comprometimento de extensa área no membro inferior direito que se encontrava edemaciado, eritematoso e quente. Além disso, apresentava tinha interdigital entre o terceiro e quarto pododáctilo e linfadenomegalia inguinal à direita. O quadro cutâneo estava associado a sintomas gerais de febre (39°C) e calafrios.De acordo com o caso clínico descrito, marque a alternativa incorreta:
Estudos recentes têm recomendado evitar a oferta exagerada de fluidos intravenosos, tanto no intra quanto no pós-operatório de operações eletivas. Reposição hidroeletrolítica mais vigorosa pode reduzir a prevalência de complicações pós-operatórias em pacientes com:
Qual nutriente, incluído nas dietas imunomoduladoras, é capaz de melhorar a função imune, estimular a secreção de hormônio do crescimento e da insulina, além de ser substrato para a síntese de óxido nítrico?
Compartilhar