Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Paciente com quadro de colecistite litiásica e colangiografia peroperatória evidenciando cálculos em colédoco. Procedeu-se a coledocotomia com retirada dos cálculos e colocação de dreno de Kehr. Com relação ao dreno, a conduta no pós-operatório é:

A
Retirar após 3 semanas, independente de seu débito
B
Fechar o dreno quando o débito for menor que 500 ml e retirar o dreno em 3 semanas, após colangiografia normal,
C
Retirar em 2 semanas, se colangiografia normal e débito menor que 200ml
D
Retirar somente com débito zero, para evitar fístula biliar
E
Retirar em 2 semanas, se débito menor que 200ml, independente da colangiografia
Um jovem de 20 anos de idade bateu seu carro contra um poste. Não usava cinto de segurança e, ao ser resgatado e trazido à sala de emergência, apresentava-se com fraturas importantes maxilofaciais e em sofrimento respiratório. A conduta, neste caso, deve ser:
Um paciente de 18 anos, do sexo masculino deu entrada no Pronto-Socorro com história de ter sofrido traumatismo craniano há 4 horas, durante uma partida de futebol (chocou-se com outro jogador). No momento do trauma, o paciente não perdeu a consciência e continuou jogando. Após 20 minutos do trauma, evoluiu com cefaleia e pediu para ser substituído. Após 45 minutos do trauma, apresentou piora da cefaleia e iniciou vômitos. Após 2h do trauma, evoluiu com sonolência e rebaixamento progressivo do nível de consciência. Na sua admissão ao hospital estava em Glasgow 7 com anisocoria à direita. Qual é o diagnóstico mais provável?
Em qual das alternativas abaixo encontra-se uma situação clínica em que se faz necessário o tratamento da bacteriúria assintomática?
Na Artrite Reumatoide, drogas modificadoras do curso da doença devem ser indicadas logo no início do tratamento, não havendo superioridade significativa de nenhuma destas. Entretanto, a toxicidade destas drogas deve ser monitorada da seguinte forma:
Compartilhar