Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Gastroenterologia

Cirurgia Geral

Paciente com quadro de obstrução intestinal sem instabilidade hemodinâmica por Volvo de sigmoide. Após início da reposição hidroeletrolítica, está indicada:

A
colocação de cateter nasogástrico
B
laparotomia exploradora para fixação sigmoide
C
retossigmoidoscopia
D
descompressão colônica por agulha transcutânea
A terceira manobra de Leopold avalia:
Paciente procura atendimento com queixas sugestivas de anemia. Eritrograma mostra Hb = 6,0 e VCM = 121. Com base nestes dados, qual das hipóteses abaixo deve ser excluída do diagnóstico diferencial?
Atendendo uma chamada de urgência na enfermaria clínica, observa-se um paciente com hematêmese franca. Após exame e manuseio inicial, com estabilização dos sinais vitais, é visto no prontuário que o mesmo realizou endoscopia digestiva alta pela manhã, tendo sido evidenciado úlcera duodenal não sangrante. Enquanto o serviço de endoscopia prepara-se para receber novamente o paciente, alguns procedimentos cabíveis podem ser realizados. Qual dos itens abaixo representa terapêutica desnecessária neste paciente?
Paciente de 50 anos, previamente sadia, é internada por febre e aparecimento de equimoses em todo o corpo há 2 dias. Os exames de admissão evidenciam Hb = 9,1, discreta leucocitose, plaquetas = 15.000, presença de numerosos esquizócitos no esfregaço periférico, LDH = 1.500 e creatinina = 2,3 mg/dl. Considerando o provável diagnóstico desta paciente, assinale a opção que representa a terapia mais apropriada para este caso.
Compartilhar