Questões na prática

Cirurgia

Ortopedia

Paciente com síndrome do túnel do carpo, distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho, costuma apresentar:

A
Hipoestesia e dor na mão, principalmente diurna, e parestesia na área dos dedos médio, anular e mínimo, geralmente com o dedo mínimo mais atingido.
B
Hipoestesia e dor na mão, principalmente noturna, e parestesia na área dos dedos polegar, indicador e médio e na metade radial do anular, geralmente com o indicador mais atingido.
C
Dor intensa no trajeto do abdutor longo do polegar e parestesia na área dos dedos médios, anular e mínimo, geralmente com o dedo mínimo mais atingido.
D
Dor intensa no trajeto do abdutor curto do polegar quando prendem firmemente os dedos sobre o polegar e flexionam a mão em desvio radial.
E
Dor intensa no trajeto do abdutor longo do polegar quando prendem firmemente os dedos sobre o polegar e flexionam a mão em desvio cubital.
Paciente de 50 anos de idade, iniciou tratamento para linfoma com quimioterapia há 5 dias, procura o pronto socorro apresentando fadiga significativa. História de deficiência de glicose-6-fosfato-desidrogenase. Previamente com função renal normal. Os exames iniciais demonstraram uréia=110 mg/dL, creatinina=4,3mg/dL, ácido úrico=11mg/dL, potássio=6,4 mEq/L. Hb=10,4g/dL, VG=31%. Qual dos tratamentos abaixo não faz parte do manejo neste paciente?
A síndrome de Fitz-Hugh-Curtis está relacionada a:
A categoria C5 da classificação CEAP sobre insuficiência venosa crônica significa:
Paciente de 74 anos possui cálculo radiopaco observado na radiografia de abdome, de 1,9 cm em cálice superior de rim esquerdo. Relata dor lombar esporádica do mesmo lado, sem hidronefrose, sem febre ou outros sintomas. Das alternativas possíveis qual o melhor tratamento para esse caso?
Compartilhar